All for Joomla All for Webmasters
Saulo Duailibe

Saulo Duailibe

Um enfermeiro identificado como Grover Macuchapi, de 27 anos, foi preso por policiais após ter sido flagrado violando o cadáver de uma mulher. Para piorar, quem fez o flagra do criminoso foi o próprio marido da vítima.

O criminoso foi preso no Hospital de Clinicas em La Paz, na Bolívia. No momento em que foi preso, ele relatou aos policiais que não se lembrava do ocorrido.

O marido, um homem de 28 anos, disse que havia deixado o hospital para pagar algumas contas quando voltou e se deparou com a cena. "Eu o vi e o ataquei. Ele estava se movendo, com as calças abaixadas", contou. "Naquele momento, o corpo havia sido transferido para o necrotério. O marido volta e encontra esse homem de 27 anos violando o cadáver de sua mulher. O enfermeiro estava cometendo um crime de necrofilia", afirmou Douglas Uzquiano, diretor de o departamento de combate ao crime do país.

Um dos concursos mais esperados foi autorizado para provimento de vagas no quadro de servidores do Ministério da Educação (MEC). Foram solicitadas 1.900 vagas que serão destinadas às universidade federais e posicionadas por meio de concursos públicos (novos ou em andamento).

As vagas serão assim distribuídas: 700 para técnico-administrativos (cargos de todos os níveis de escolaridade) e 1.200 para docência (professores equivalentes das carreiras de magistério superior, ensino básico, técnico e tecnológico; professor titular-livre do magistério superior). Para adentrar aos cargos, são exigidas especialização, mestrado/doutorado, de acordo com a área.

O Ministro da Educação, Mendonça Filho, afirma que a liberação das vagas reforça o incentivo para que as universidades federais sigam com a oferta de cursos de graduação de qualidade, além de firmar o compromisso firmado entre o Governo Federal e as Instituições de Ensino Superior. O preenchimento das vagas está previsto para os anos de 2017 e 2018, visando atender à demanda da oferta de cursos e criação de novos campi e universidades federais.

O MEC teve sua última liberação de vagas em 2015, através da liberação de 880 oportunidades destinadas à ampliação do programa de medicina. Já para o quadro de servidores técnico-administrativos, a última liberação data de 2014.

Mais um caso de agressão contra mulher foi registrada no Maranhão. O caso aconteceu na cidade de Araguanã, distante 330 km da capital maranhense. O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, que esfaqueou a ex-mulher e depois ainda tentou se matar.

Eunice Correia de Sousa saia do trabalho quando o suspeito, identificado apenas como "Cleomar", foi ao seu encontro, sacou uma faca e desferiu vários golpes contra ela.

A vítima foi socorrida imediatamente e levada para o hospital com cortes em várias partes do corpo, como braços, mãos e cabeça.

Após as agressões, Cleomar ainda tentou tirar a própria vida. A motivação para a tentativa de homicídio seria o fim do relacionamento deles.

Um grave acidente deixou um policial militar morto, na noite desta quinta-feira (19), na MA-203, mais conhecida como Estrada do Araçagi. A vítima foi Oscivaldo Rios Rabelo, cabo da Polícia Militar do Maranhão.

O policial estava acompanhado de outra pessoa, que estava na garupa da moto pilotada por ele. O militar morreu no local e o garupa foi encaminhado para um hospital da capital. Oscivaldo estava na PM do Maranhão desde 2007.

De acordo com informações, o acidente aconteceu após o policial colidir na traseira de uma Toyota Hilux SW4, de cor branca, de placas OIW-1228. O condutor do veículo foi encaminhado ao plantão do Cohatrac, onde prestou esclarecimentos sobre o acidente.

No último dia 8 de outubro, um casal foi detido após fazer sexo em uma rua no Centro do município de Conceição, no sertão da Paraíba. De acordo com informações da Polícia Militar, a dupla foi presa em flagrante e sem algumas peças de roupa.

A guarnição foi acionada pelos vizinhos que flagraram toda a cena do ato sexual. No entanto, na hora que a polícia chegou no local a mulher afirmou que estava sendo forçada a fazer sexo com o homem, que foi conduzido. Em investigação do delegado Gleberson Fernandes, a mulher apresentava lesões físicas, o que pode indicar que de fato, tenha sido vítima de estupro.

Ela admitiu que conheceu o homem no bar e aceitou sair com ele, mas alegou ter praticado sexo contra sua vontade.

O suspeito é um pedreiro que nega o crime e diz que a mulher consentiu a relação, tanto que o acompanhou sem nenhum problema. Autuado por estupro, ele foi recolhido à cadeia de Conceição.

A equipe do Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 1º BPM prendeu duas pessoas suspeitas de agressão contra um idoso. Os PMs receberam a informação de que três pessoas haviam entrado na residência de um idoso, no Residencial Amendoeiras, no Maracanã, zona rural de São Luís. A vítima seria um policial civil aposentado. Os suspeitos o espancaram na frente dos netos.

A motivação da violência seria por conta da arma do policial aposentado, pois eles queriam roubar a arma, como não encontraram, fugiram levando alguns pertences.

Após compartilhamento de informações com outros policiais militares, foi possível identificar e levantar os possíveis locais dos seus paradeiros.

Sendo localizados na Rua 4 do Residencial Amendoeiras, Maracanã, na residência de familiares.

Ao avistarem a guarnição da PM, dois dos suspeitos tentaram pular os muros para fugir do cerco policial, sendo possível a captura de apenas um deles. Com o suspeito foi encontrado um revólver calibre 32, com 2 munições, e objetos da vítima.

Diante dos fatos ele foi encaminhado até o 12° DP para serem tomada as providências cabíveis.

Polícia Civil prendeu três suspeitos de integrar associação criminosa de roubo a residência, na região metropolitana de São Luís.


Os suspeitos foram apresentados, nesta quinta-feira (19), na Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), na Vila Palmeira. os três seriam integrantes de uma associação criminosa de roubo a residência.

Na operação foram presos Lucas Silva Correa, mais conhecido como “Foca”, de 22 anos, Danilo Pereira Boas, de 24 anos, e Lucas Gonçalves Moreira, de 18 anos.


Durante as ações no bairro Vila Luizão, os indivíduos foram presos por suspeita de envolvimento em diversos crimes. Diante disto foram cumpridos os devidos Mandados de Prisão pela Polícia Civil com o apoio da Delegacia de Roubo e Furtos (DRF).

Em combate ao tráfico de drogas na capital maranhense, a Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), prendeu Jackson Alves Moreira, de 24 anos, pelo crime de tráfico de drogas.

Após buscas minuciosas na residência do suspeito, os policiais encontraram: 
- 5 porções de tamanho médio de crack
- 5 invólucros da mesma substância
- 1 porção de maconha
- 1 balança de precisão
- apetrechos para embalagem da droga
- R$ 803,60 em dinheiro

A prisão ocorreu após várias denúncias via aplicativo whatsapp, dando conta que ele comercializava as drogas em sua residência, localizada na Rua 02, quadra 03, casa 06, Conjunto Manoel Beckman, Cantinho do Céu, em São Luís.

Diante dos fatos, o conduzido foi encaminhado à sede da Senarc, onde foi autuado por prática de crime de tráfico ilícito de drogas. Ressalta-se que o autuado já responde a processos criminais por prática dos crimes de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Após os trabalhos, o mesmo foi encaminhado ao Centro de triagem de Pedrinhas, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Uma ação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) culminou na prisão de um homem suspeito de homicídio qualificado. Lucian Carlos Lima Brandão, de 28 anos, foi detido por conta de um mandado de prisão, expedido pela 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca da Ilha de São Luís.

Lucian foi condenado pela prática de homicídio qualificado (Art. 121, §2º, I e IV do CPB) e associação criminosa (Arts. 288 do CPB) e encontrava-se foragido da Justiça. O homicídio ocorreu no dia 18 de janeiro de 2013, na Rua 48, bairro Areinha, local onde a vítima, Windcon Paulo Souares Duarte, foi alvejada e morta com três disparos de arma de fogo.

O suspeito também é investigado pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado da Seic em razão de ter sido identificado como integrante de uma das facções criminosas que atuam no Maranhão, motivo pelo qual também responde à ação penal pela prática do crime de integrar organização criminosa armada (Art. 2º, §2º da lei 12.850/13), ainda em trâmite.

Após as formalidades legais, o capturado foi encaminhado ao Sistema Penitenciário Estadual, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Uma moradora da Califórnia afirma que encontrou uma pequena rã em uma salada que comprou em um supermercado e, depois do susto, resolveu adotá-la como animal de estimação.

Becky Garfinkel, moradora de Corona e vegetariana, disse que tinha comprado uma salada mista orgânica na rede Target e, enquanto a comia em casa, percebeu que a alface estava se mexendo.

Olhando mais de perto, ela viu que se tratava de uma rã e gritou. Depois, tirou fotos do animal e postou na página da loja no Facebook.
Seu marido percebeu que a pequena rã estava se mexendo, então eles a "limparam" do molho e a ajudaram a se recuperar.

O casal acabou adotando a rã, que foi batizada de Lucky (sortuda). A loja pediu desculpas, disse que vai checar o ocorrido com o fornecedor e ofereceu um bônus para Becky.

Página 1 de 60
Afiliada