terça-feira, 23 de julho de 2024

75 pessoas são presas em cinco dias de ações da Polícia Civil

Entre os dias 13 e 17 de março, segundo um relatório da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), 75 pessoas foram presas durante operações da Polícia Civil do Maranhão de combate à criminalidade em cidades do interior do estado do Maranhão. Além das prisões, as ações policiais ainda resultaram nas apreensões de motocicletas , veículos, dinheiro, drogas e armas de fogo nos municípios de Jenipapo dos Vieiras, Bom Jesus das Selvas, Apicum-Açu, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Araguanã e Tutóia.

Em grande parte das ações policiais, a Policia Civil focou em repreender as organizações criminosas “facções” que atuam em cidades do interior e que diretamente estão relacionadas aos crimes de roubo, homicídio e tráfico de drogas. As prisões e apreensões são frutos de minuciosas investigações realizadas pelas Delegacias Regionais de Polícia , sob coordenação da Delegacia Geral da Polícia Civil do Maranhão.

Destaques

Uma megaoperação deflagrada na terça-feira (14), pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar e Centro Tático Aéreo (CTA), conseguiu localizar e destruir cerca de cinco roças de maconha com mais de 300 mil pés do entorpecente no município de Jenipapo dos Vieiras.

Já na quarta-feira (15), , policiais civis do Maranhão, saíram às ruas da cidade de Bom Jesus das Selvas no intuito cumprir mandados de busca e apreensão contra endereços ligados a pessoas investigadas pelos crimes de organização criminosa, tráfico e associação para o tráfico de drogas. Como resultado da operação , sete pessoas foram presas.

Ainda na quarta-feira (15), uma força-tarefa foi realizada na cidade de Apicum-Açu, visando repreender a atuação de facções criminosas cujos os seus integrantes são suspeitos da prática dos crimes de homicídio, roubo, tráfico de drogas e organização criminosa. A ação batizada de “Operação Apicum Mais Segura” foi deflagrada de forma integrada pela Polícia Civil e Polícia Militar do Maranhão. A operação conseguiu prender cinco pessoas , além de apreender mais de 25 mil reais em espécie, uma pistola calibre .380, uma sub metralhadora artesanal, munições, drogas, balança de precisão, aparelhos de celular e outros objetos.

Na quinta-feira(16) , sete pessoas foram presas durante a “Operação Cessna” que tinha como objetivo neutralizar integrantes de uma associação criminosa atuante na aquisição de armamentos, gerenciamento financeiro e logístico da ação criminosa, adulteração da aeronave roubada e aquisição de combustível de aviação. A ação que era comandada pela Polícia Civil do Piauí , no Maranhão contou com apoio de grupos especiais e de Delegacias Regionais da PC-MA que cumpriram mandados de busca e apreensão e de prisão nas cidades Lago da Pedra, Lago do Junco , Lago dos Rodrigues e Araguanã.

Outra ação que merece destaque , foi a realizada na cidade de Tutóia , onde na sexta-feira (17), a Polícia Civil do Maranhão conseguiu, apreender 24 tabletes de maconha; 17 unidades de crack; duas bate-bucha e um revólver calibre.38, carregado com 05 projéteis. Na ocasião , um homem foi preso e um adolescente apreendido.

Das 75 prisões realizadas nos últimos cinco dias, destaque para as 14 realizadas em cidades da regional de Cururupu; 11 na regional de Buriticupu; 10 na regional de Zé Doca e 07 na regional de Santa Inês.

Os números são reflexos de que a Polícia Civil e todas as forças de segurança pública vêm atuado incansavelmente com o objetivo de reduzir o índice da criminalidade no estado.

– Publicidade –

Outros destaques