90% dos turistas aprovaram estadia em São Luís, aponta pesquisa

Divulgação/Agência São Luís

O Carnaval em São Luís rendeu à capital maranhense cinco dias de programação. Segundo o Observatório do Turismo do Maranhão, 90% dos turistas aprovaram estadia na cidade durante os festejos. Além de participar da festa, os turistas aproveitaram o período visitando praias e o Centro Histórico. A pesquisa foi realizada na Quarta-Feira de Cinzas (6).

Observatório do Turismo no Maranhão constatou que 28% dos entrevistados classificaram a sua experiência como excelente, 38% como boa, 24% como muito boa. Apenas 8% classificaram como regular e apenas 2% como ruim. O Observatório foi criado por meio de parceria entre a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), Governo do Estado e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Em relação aos lugares visitados, os entrevistados foram mais às praias (30%), ao Centro Histórico (28%) e também visitaram a Praça Deodoro (15%), Espigão (9%). A maioria deles chegou na cidade por meio de ônibus (44%), seguido por avião (30%), Ferry Boat (16%) e carro (6%). A maior parte dos entrevistados esteve na capital a lazer (56%) e pela família (34%). Sobre a procedência, 78% deles são do Nordeste, 12% do Norte, 6% do Sudeste e 4% do Sul do Brasil.

Sobre o Carnaval, a pesquisa revela que 82,5% do público recomendaria a festa para outras pessoas e disse que pretende voltar durante esse período para São Luís. Sobre a faixa etária dos entrevistados 42% tinham até 25 anos de idade e 58% do público é do sexo feminino. Dos entrevistados, 82% já conheciam São Luís.

PASSARELA DO SAMBA

Além dos circuitos de rua, quem passou o Carnaval na capital pôde assistir aos desfiles na Passarela do Samba, que reuniu, nos cinco dias de programação, cerca de 150 mil foliões, entre brincantes das agremiações carnavalescas, manifestações culturais e público das arquibancadas, camarotes, frisas e espaço preferencial. Ao todo, 88 apresentações compuseram a programação, entre show de encerramento, grupos de tambor de crioula, desfile de tribos de índio, blocos tradicionais, turmas de samba, blocos organizados e escolas de samba. Destas, 51 concorreram no Concurso de Passarela. Entre as escolas de samba, a Favela do Samba foi a grande campeã.