quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

A fúria do genro: rapaz ataca sogro que incentivou fim de namoro

Um jovem de 21 anos se entregou à polícia após tentar matar o ex-sogro em Parelheiros, no extremo sul da capital, na segunda-feira (8). O rapaz queria se vingar porque o vigilante apoiava o fim do relacionamento de sua filha com o suspeito. 

Bevenute era um jovem trabalhador e namorada a filha do vigilante há dois anos e sete meses. A jovem descobriu que o namorado começou a se envolver com drogas e decidiu pôr um fim no namoro. Inconformado, ele chegou a ir ao supermercado onde a jovem trabalha e tentou se matar. Depois disso, ele teria planejado a morte do ex-sogro.

O vigilante James Aleques Pereira Lima, de 44 anos, saía de casa para trabalhar na noite de sábado, 30 de agosto, em Parelheiros. Ele se despediu da família e saiu pela porta dos fundos, que dava acesso mais rápido à rua onde fica o ponto de ônibus.

Testemunhas afirmam que viram Bevenute atirar no ex-sogro, mas o tiro não o acertou. Em seguida, os dois entraram em luta corporal. O outro homem, então, disparou e acertou dois tiros em Lima. 

Em seguida, os dois suspeitos fugiram. Lima, ainda consciente, relatou às testemunhas que não sentia mais as pernas. Lima foi atingido na coluna e precisou passar por duas cirurgias no Hospital das Clínicas. Depois que seu estado de saúde ficou estável, o paciente foi transferido ao hospital do M’Boi Mirim.

A polícia descobriu o paradeiro de Bevenute, mas, antes de ser preso, o rapaz se apresentou no 25º Distrito Policial acompanhado do advogado. O rapaz nega que tenha tentado matar o ex-sogro. Em entrevista à TV Record, o suspeito diz que atirou para se defender, pois achava que Lima iria atirar nele.

 

– Publicidade –

Outros destaques