quarta-feira, 10 de agosto de 2022

AML promove primeiro encontro com poetas maranhenses e lança edital para antologia poética

“Agora chegou a vez da Academia promover essa renovação, de abrir as portas para a juventude”

A Academia Maranhense de Letras (AML) realizou nesta segunda-feira (28) o primeiro encontro com representantes da nova poesia do Maranhão. A reunião foi aberta pelo presidente da AML, Lourival Serejo, que falou sobre a importância do estímulo à renovação literária e a novas produções poéticas no estado.

O Maranhão, de acordo com Serejo, é um celeiro de poetas e o estado ficou reconhecido ao longo dos anos pelo surgimento de novos autores e de movimentos literários que marcaram época. “Agora chegou a vez da Academia promover essa renovação, de abrir as portas para a juventude”, disse ele.

O acadêmico Daniel Blume explicou que a AML está inaugurando um calendário de ações que dá voz e vez à nova poesia. “… hoje a poesia está ocupando um espaço de destaque que sempre mereceu na Academia”. Blume disse que a AML, com a promoção do encontro, queria ouvir sugestões dos escritores para a formulação de uma carta de diretrizes, um conjunto de ações coletivas em favor da poesia maranhense.

Abertura de novos espaços a serem ocupados pela poesia; realização de oficinas de leitura e escrita poética e recitais; quebra de barreiras entre os poetas e a AML; valorização e interação com a Federação das Academias de Letras do Maranhão (FALMA); resgate da Mostra Estadual de Literatura; e organização de uma Semana de Literatura foram algumas das sugestões apresentadas pelo público durante o encontro.

O encontro foi encerrado com a divulgação do edital para a antologia “Novíssima poesia do Maranhão” e a improvisação de um sarau, com direito a performance e recital de poesias por parte dos convidados.

A reunião foi aberta pelo presidente da AML, Lourival Serejo (ao centro) com os poetas Félix Alberto Lima e Daniel Blume

Durante o encontro foi lançado o edital para antologia poética

Durante o encontro foi lançado o edital para a publicação da antologia “Novíssima poesia do Maranhão”, que foi apresentado pelo secretário-geral Félix Alberto Lima.

O regulamento abre para participar da antologia pessoas físicas maiores de 18 anos – ou menores, com permissão do responsável – residentes no Maranhão, bem como maranhenses residentes fora do Estado. A antologia da AML receberá trabalhos “exclusivamente em poesia, inéditos, com temática livre”.

As inscrições poderão ser feitas no período de 28 de junho a 10 de agosto de 2022, pelo sítio eletrônico da Academia (aml@academiamaranhense.org.br), destacando no assunto “inscrição antologia 2022”. Cada candidato poderá inscrever até dez poemas, cada um deles com no máximo trinta linhas.

Os poemas inscritos serão avaliados por uma curadoria formada cinco integrantes de notório conhecimento literário. A lista completa com a relação dos autores selecionados será divulgada no dia 15 de setembro de 2022. O lançamento da antologia “Novíssima poesia do Maranhão” está programado para o dia 24 de novembro de 2022, no auditório da AML.

– Publicidade –

Outras publicações