quinta-feira, 5 dezembro, 2019
Início Maranhão ACM abre programação dos 165 anos

ACM abre programação dos 165 anos

Nesta quarta-feira, dia 14, às 19h, a Associação Comercial do Maranhão abrirá a programação do mês de agosto, em que celebra 165 anos de fundação. A classe empresarial é convidada para participar do Painel “Desafios e Oportunidades das Entidades de Representação Empresarial”, que abordará o papel das entidades de classe do Estado, representadas pelas Federações, discutindo sua necessidade de sempre renovar, buscando novas oportunidades e enfrentando os desafios para responder aos anseios da classe empresarial.

Na dinâmica da noite, o jornalista Adalberto Melo – mediador do painel, comandará as discussões que terá a participação do Presidente da Associação Comercial do Maranhão-ACM, Felipe Mussalém, da Presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Maranhão-FCDL, Maria do Socorro Teixeira Noronha, do Presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Maranhão-FAEMA, Raimundo Coelho de Sousa e do Presidente da Federação das Associações Empresariais do Maranhão-FAEM, Hélio Rodrigues Araújo.

A programação do mês também inclui Sessão Solene na Câmara dos Vereadores, proposta pelo vereador Ricardo Diniz (PRTB/MA), no dia 20 de agosto, às 14h; a Solenidade Magna pelos 165 anos da ACM, dia 21 de agosto, às 19h30; e Sessão Solene na Assembleia Legislativa, dia 23 de agosto, às 14h, de proposição do deputado estadual Adriano Sarney (PV/MA).

Sobre a ACM

Fundada há 165 anos, a Associação Comercial do Maranhão (ACM) é uma das mais tradicionais entidades empresariais do Brasil. Sua trajetória se confunde com a história do comércio no Maranhão.

O passo inicial para a sua fundação foi dado no dia 21 de agosto de 1854, com a eleição de uma comissão de notáveis comerciantes, que deveria representar em todos os aspectos a classe comercial do Maranhão. Para presidir a comissão, elegeu-se o Comendador João Gualberto da Costa, figura eminente da sociedade daquela época.

Identificada com as aspirações do comércio, a “Comissão da Praça”, como ficou conhecida, teve uma atuação marcante junto ao Império e à Província até o ano de 1878, quando, sob o comando de José da Cunha Santos Júnior, transformou-se na Associação Comercial do Maranhão.

Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Consumo de cigarros ilegais cai no Brasil pelo segundo ano consecutivo

O consumo de cigarros ilegais caiu no país pelo segundo ano consecutivo, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Em 2018, pouco...
- Publicidade -