domingo, 25 de setembro de 2022

Adolescente grava o próprio estupro e padrasto acaba preso, em Arari

A Policia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Polícia Civil de Arari, prendeu um homem suspeito de abusar sexualmente da própria enteada. A captura do suspeito foi por força de um Mandado de Prisão Temporária expedido pela Comarca de Arari.

O suspeito é investigado pelo crime de estupro consumado contra sua própria enteada, atualmente com 14 anos de idade.

O crime ocorreu no mês de janeiro deste ano, no Povoado Picos, zona rural de Arari, e foi gravado pela própria adolescente que, por intermédio de um celular escondido, conseguiu filmar a ação criminosa perpetrada pelo padrasto.

A investigação segue no sentido de apurar se houve algum outro crime contra a dignidade sexual praticado contra as crianças que convivem com o investigado.

Após as formalidades legais, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional de Viana/MA, onde permanecerá à disposição da Justiça.

– Publicidade –

Outros destaques