quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Adolescentes são apreendidos por assassinatos na capital maranhense

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu dois mandados de busca e apreensão de menores pela prática de ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado.

A primeira apreensão ocorreu no Jardim América e decorreu de investigações relativas a morte de Cleyton Marly Araújo Oliveira, ocorrida na Rua São Jorge, Vila Geniparana, no dia 19 de novembro do ano passado.

Na ocasião, a vítima foi abordada dentro de casa por dois integrantes de uma facção criminosa que atua na região do Ganiparana. Sendo que um era maior de idade, e um adolescente, arrastaram a vítima para o fundos do imóvel onde foi executada com vários tiros. Após o crime os executores fugiram do local a pé. O suspeito maior de idade já estava preso.

Durante as investigações, foi verificado que a vítima, tentando mudar de facção, planejava executar um dos autores do crime, trama que foi descoberta e motivou sua morte.

Já a segunda apreensão de adolescente ocorreu no Residencial Tiradentes e foi realizada após investigações decorrentes da morte de Marcos André Rocha Costa, na Vila Apaco em 30 de dezembro do ano passado.

Neste caso, a vítima, após executar um membro da mesma facção, na cidade de Matinha, buscou apoio do menor apreendido para mudar de facção e receber proteção na capital, tendo sido combinado um pagamento de R$ 5 mil, e uma arma de fogo.

Ao chegar em São Luís e manter contato com o menor, a vítima foi recebida por integrantes da facção local que o executaram e tomaram o dinheiro e arma que a vítima trazia.

Após o cumprimento das formalidades legais, os menores apreendidos foram encaminhados ao sistema judiciário, onde permanecerão cumprindo medida socioeducativa de internação.

– Publicidade –

Outros destaques