terça-feira, 22 de junho de 2021

Arraial Live Guará - Falta 1 dia
Aécio Neves vai concorrer a uma vaga na Câmara de Deputados por Minas Gerais

Aécio Neves vai concorrer a uma vaga na Câmara de Deputados por Minas Gerais

aecio neves
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O senador Aécio Neves (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (2) que concorrerá a uma vaga de deputado federal nas eleições deste ano. O anúncio foi feito por nota em que ele afirma que a decisão “não foi fácil”.

“Coloco meu nome como pré-candidato à Câmara dos Deputados, Casa que já presidi e onde, como líder partidário, à época do governo Fernando Henrique, ajudei a implementar algumas das principais reformas feitas no Brasil contemporâneo”, afirmou.

Ainda de acordo com o tucano, nos últimos meses ele analisou as possibilidades de concorrer e sobre como poderia contribuir para melhorar a situação de Minas. Ele citou o candidato do PSDB ao governo de Minas, Antônio Anastasia, ao dizer que lhe comunicou da decisão de não concorrer ao Senado, mesmo com pesquisas de intenção de voto o colocando entre os mais votos, perdendo apenas para a ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“Mas tomo essa decisão com a responsabilidade daqueles que sempre colocaram os interesses de Minas acima de qualquer projeto pessoal. Os que me conhecem sabem que foi assim que sempre agi e assim continuarei agindo”, afirmou.

Candidato à Presidência da República nas eleições de 2014, Aécio volta a disputar cargo  que já ocupou antes de ser governador em Minas. Em setembro, o senador foi flagrado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, réu da Lava-Jato, para pagar advogados.

O anúncio de hoje, no entanto, contradiz informação dada pelo próprio tucano no ano passado quando ele rechaçou a possibilidade de concorrer a uma vaga na Câmara. Na oportunidade ele declarou que estava “fora de cogitação” concorrer à Câmara.

No último sábado, o senador não foi a convenção do PSDB em Minas que sagrou Anastasia como candidato do partido ao governo do estado. Por nota, ele afirmou que a ausência na convenção foi por estar se reunindo com lideranças políticas, em Belo Horizonte e no interior do Estado, “para avaliar a melhor forma de contribuir para o resgate de Minas Gerais nesse momento de extrema gravidade e grandes incertezas”.

– Publicidade –

Outros destaques