quinta-feira, 8 de dezembro de 2022

Após festa de facção, 39 são autuados por flagrante delito

O Sistema de Segurança Pública deteve 132 pessoas, homens e mulheres adultos, além de adolescentes, suspeitos de integrarem uma facção criminosa, que participavam de uma festa, na noite desta quinta-feira (11), numa casa de eventos, localizada na avenida Santos Dumont, em São Luís.

 

A operação, que resultou na condução dessas pessoas para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), foi realizada por homens do Grupo Tático Móvel (GTM) do 1º Batalhão da Polícia Militar. Para levar esse grande número de pessoas para a delegacia, a Polícia Militar teve que utilizar, além das viaturas, ônibus.

 

Dos 132 conduzidos, 59 eram adolescentes, que após serem ouvidos, foram liberados mediante a presença dos pais. Após os procedimentos, 39 pessoas foram autuadas em flagrante delito pelos crimes de formação de quadrilha, uso e porte de entorpecentes, porte ilegal de arma e aliciamento de menores para o crime. Os atuados foram encaminhados para o Centro de Triagem em Pedrinhas, onde aguardarão decisão judicial.    

 

De acordo com o delegado Luis Jorge Matos, da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), quando a Polícia Militar chegou ao local, foi descoberto que se tratava de uma festa de uma facção criminosa em comemoração a morte de policiais. Eles estavam cantando a música da facção e citando os policiais mortos. Foi uma reposta rápida do GTM”, pontuou o delegado. 

 

Na casa alugada pelos criminosos para a festa, a polícia apreendeu 5 armas brancas; 21 trouxinhas de substância branca, semelhante à cocaína; 9 invólucros de substancia vegetal; 16 relógios de pulso; 83 celulares; 183 reais em espécie;  5 motocicletas, sendo uma Suzuki Yes 125, de placa HQE – 9367, uma Honda Twister CB250, de placa HPP – 7472, uma Dafra de placa NWZ – 2834, uma Honda Fan 125, de placa OIX – 4710 e uma Bros 150 NXR, de placa NMQ – 9128, além de bebidas, aparelhos eletrônicos e outros objetos.

 

Durante a ação, os policiais conseguiram cumprir um mandado de prisão por sentença condenatória contra o assaltante Clayton Roberto Santos Serra, 20 anos. Ainda foi detido Marcos Vitor Monteiro Souza, 18 anos. Ele, segundo informações, está sendo apontado como um dos suspeitos de praticar uma tentativa de assalto contra o delegado Dicival Gonçalves, titular da Delegacia da Cidade Olímpica.        

 

Os procedimentos foram realizados ainda pelos delegados Valdenor Viegas e Paulo Roberto, adjunto do Departamento de Combate ao Crime Organizado e titular do Departamento de Serviços de Delegados, respectivamente.

– Publicidade –

Outros destaques