sábado, 20 de julho de 2024

Após quatro anos, PAM Diamante volta a funcionar

A governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado de Saúde, em exercício, José Marcio Leite, inauguraram, nesta segunda-feira (29), o Centro de Especialidades Médicas e Diagnóstico do Diamante, prédio do antigo PAM Diamante. No local também será a nova sede do Laboratório Central de Saúde Publica do Maranhão (Lacen). 

?”Estou muito emocionada de estar aqui, hoje, para reabrir as portas do PAM Diamante. Esta reabertura significa muito mais do que reinaugurar uma unidade de atendimento. O PAM Diamante, com sua nova estrutura, foi planejado para complementar a rede de hospitais da nossa cidade.Quem vier aqui vai encontrar tudo de melhor que há em equipamento, serviços e,também, profissionais preparados para prestar um atendimento de primeira?”, disse a governadora.

Roseana Sarney aproveitou para anunciar que nesta terça-feira (30) inaugura a 11ª UPA, desta vez beneficiando moradores do bairro Vila Luizão e adjacência. ?

?Entregamos o Carlos Macieira e também o Hospital Geral especializado no tratamento do câncer em nosso estado. Além do mais, continuamos com o nosso programa de inaugurações e construindo cinco grandes hospitais em Pinheiro, Balsas,Chapadinha, Imperatriz e Caxias”?, citou Roseana. Ela ressaltou que estão em andamento o hospital de Viana e em reforma os hospitais de Bacabal e Timon. ?

No Centro de Especialidades Médicas e Diagnóstico do Diamante serão ofertadas à população, consultas especializadas nas áreas de cardiologia, otorrinolaringologia, ortopedia, proctologia,dermatologia, gastroenterologia, neurologia, oftalmologia, cirurgia geral,ginecológica, torácica, plástica, buco maxilo, neurocirurgia, e exames de densitometria óssea, endoscopia, ecocardiograma, eletrocardiograma, holter,mapa, ecodoppler vascular, teste ergométrico, urodinâmica, citoscopia e penioscopia.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (Lacen), por sua vez, será responsável pelo diagnóstico laboratorial de média e alta complexidade, atendendo as Vigilâncias Sanitária,Epidemiológica e Ambiental dos 217 municípios do Maranhão. Entre os exames que serão realizados no local está o para detectar suspeitas de meningite, que até então era encaminhado para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, segundo informou José Marcio Leite.

– Publicidade –

Outros destaques