sábado, 26 de novembro de 2022

Atleta de 10 anos intensifica preparação para a Copa Dragos de Levantamento de Peso

A atleta Júlia Assunção Silva, 10 anos, vive a expectativa para participação em uma importante competição no Maranhão, a 3° Copa Dragos de Levantamento de Peso, na categoria infantil.
O evento acontece nos dias 26 e 27 de Novembro, em São Luís.

Uma das principais revelações do esporte Maranhense, Julia intensificou os treinos para realizar uma preparação para técnica e movimentos corretos, em busca de excelentes resultados na primeira competição que participa em 2022. O desempenho da jovem atleta ficou conhecido, nacionalmente, através das redes sociais, com mais de 33 milhões de visualizações e comentários positivos sobre a performance durante treinos e competições.

Apesar da pouca idade, Júlia já tem no currículo importantes conquistas. Na competição da vez, a atleta foi campeã geral da bateria feminina em sua categoria sub 13, na edição anterior. “A Julia sempre me surpreende e supera as expectativas nos treinos. É uma menina muito dedicada no que faz, tenho certeza que vai surpreender a todos e a ela mesma, como sempre faz” destaca a treinadora e tia de Júlia, Ellany Assunção.

O LPO, Levantamento de Peso Olímpico, é uma modalidade esportiva única, também conhecida por halterofilismo.
O LPO é uma das modalidades mais antigas dos Jogos Olímpicos da era moderna, um esporte de força cujo objetivo é levantar a maior quantidade de peso possível, do chão até acima da cabeça, numa barra em que são fixados pesos.

Sobre a atleta:

Julia Assunção Silva, pratica atividades físicas desde os 2 anos e meio. Começou no jiu-jitsu, fez natação e treino funcional “kids” até que, com cinco anos, com auxílio profissional da tia, profissional de Educação Física e incentivo dos pais.
O objetivo

Além do LPO, na sua faixa etária, Julia já disputou esse ano uma competição de Crossfit com adultos. O objetivo a médio e longo prazo é disputar nos jogos Panamericanos, Olimpíadas e o Torneio Internacional Crossfit Games.

Para a atleta Júlia, o importante é colocar em prática o que tem feito nos treinamentos. “Minha expectativa é que eu acerte todos os movimentos e que a execução e minha técnica sejam lindas. Nem me importo muito com a carga, mas, sim, com a técnica, frisou.

Já a mãe da atleta, Érica Silva, disse que o importante para ela é olhar o sorriso no rosto da filha e que ela possa transformar esse momento em algo divertido. ” O que eu desejo, acima de tudo, é que ela se divirta em todas as competições que participa. Pois ela é criança e eu tento não cobrar tanto dela. Quero que ela faça o que gosta de fazer, ela acaba se cobrando muito, mas eu só quero que seja bom e divertido pra ela”, disse emocionada a mãe.

– Publicidade –

Outros destaques