Atraso de navio cargueiro pode gerar falta de combustível no Nordeste


Um atraso na chegada de um navio cargueiro pode gerar falta de combustível em várias cidades do Maranhão e do Nordeste. Segundo informações, os postos em que o estoque não foi bem gerido devem ficar sem o produto nas bombas.

A informação é do presidente do Sindicato dos Donos de Postos de Combustíveis do Piauí, Alexandre Cavalcante. De acordo com ele, o navio aportará nesta sexta-feira (10) em São Luís, mas mesmo assim, o transporte do combustível até os postos deve demorar a acontecer devido aos trâmites legais que precisam ser feitos antes da liberação da carga.

“O produto precisa ser nacionalizado, precisar de autorização da Receita para desembarcar e ainda tem o transporte, que acontece de trem e de caminhão. Se vier de trem, demora de quatro a cinco dias para chegar, mas se vier de caminhão, o tempo de viagem é menor. No entanto, a capacidade de carga do caminhão é menor, ou seja, mesmo que chegue mais rápido, chega em menos quantidade”, explica Alexandre.

A previsão é que o abastecimento de diesel S10 seja normalizado até segunda-feira (13) e o de gasolina até a próxima sexta-feira (17). “O que queríamos pedir à população é que não se desespere para encher o taque, porque isso pode agravar ainda mais a situação. Abasteça seu carro normalmente até dê preferência usando etanol, porque ele está normalizado e não vai ter grandes problemas”, finaliza.

 

Com informações do Portal O Dia*