sábado, 23 de outubro de 2021

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

Bolsonarista agride e ameaça repórter cinematográfico: “Se pudesse, mataria vocês”

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

repórter cinematográfico Leandro Matozo foi agredido ameaçado por um bolsonarista na última terça-feira (12). Na ocasião, o funcionário do veículo GloboNews acompanhava a visita do Presidente da República ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida, no interior de São Paulo.

A covardia ocorreu quando ele e o repórter Victor Ferreira estavam se preparando para entrar no ar. Segundo o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, o agressor se chama Gustavo Milsoni e trabalha como professor na Escola Estadual Cid Boucault, de Mogi das Cruzes (SP).

“Se pudesse, mataria vocês”, teria dito o defensor do Governo Federal. A vítima relata que os insultos continuaram e que, na sequência, o professor teria desferido uma cabeçada contra o profissional. Também foi confirmado que as medidas judiciais foram tomadas.

Em suas redes sociais, Matozo conta que “no final da tarde, nossa equipe decidiu gravar na parte externa da igreja, quando fomos surpreendidos por um apoiador do Presidente Bolsonaro. Ele nos abordou com xingamentos contra a TV e não parou.” Ele completou que “a liberdade de imprensa é essencial para o progresso desse país.”

– Publicidade –

Outros destaques