terça-feira, 16 de julho de 2024

Brasileira refém no sequestro em Sydney está bem, informam parentes

A brasileira Márcia Mikhael, refém libertada na ação policial durante o sequestro em um café em Sydney, na Austrália, nessa segunda-feira (15), está bem e em segurança, informaram hoje (16) seus parentes.

 

As primas da brasileira Adibe George Khuri e Cláudia Marone disseram que a instrutora de ginástica está bem, depois do sequestro no Lindt Chocolat Cafe, em Martin Place. O irmão dela também destacou que está tudo bem. “Foi um grande susto, mas ela está bem, graças a Deus”, afirmou Adibe George Khuri.

 

Uma sobrinha de Márcia também informou, em mensagem no Facebook, que a tia está bem e em segurança. A brasileira mora há 20 anos na Austrália. Imagens de televisão mostraram Márcia Mikhael, natural de Goiânia, saindo da cafeteria carregada por paramédicos, com ferimento no pé esquerdo. A família diz acreditar que não é grave, mas não sabe o motivo do ferimento. Márcia foi levada imediatamente para um hospital, após a libertação.

 

Milhares de pessoas depositaram hoje flores em Martin Place, prestando homenagem às pessoas que morreram durante o sequestro.

 

– Publicidade –

Outros destaques