sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Campanha Setembro Amarelo é iniciado com plantio de mudas na Avenida Litorânea

A campanha Setembro Amarelo, mobilização de prevenção ao suicídio, teve sua programação iniciada nesta quinta-feira, 1º, com o plantio de mudas na Avenida Litorânea, em São Luís. A ação foi organizada pelo Ministério Público do Maranhão, por meio do Centro de Apoio Operacional de Direitos
Humanos e Cidadania (CAO-DHC).

O evento contou com representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Guarda Municipal, Ministério da Saúde, Instituto Municipal de Paisagem Urbana, Defensoria Pública Estadual e integrantes do Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

De acordo com a promotora de justiça e coordenadora do CAO-DHC, Cristiane Maia Lago, o Ministério Público se baseia nas três legislações (federal, estadual e municipal) que indicam a necessidade de as instituições públicas atuarem para sensibilizar a sociedade sobre esse tema. “O objetivo maior é prevenir episódios de automutilação e suicídio”.

No mesmo sentido, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, ressaltou a importância das pessoas buscarem ajuda profissional e não terem vergonha por enfrentarem problemas na saúde mental. “Busquem ajuda profissional. A vida é a melhor escolha. Juntos, instituições, autoridades, sociedade civil, profissionais da saúde e da assistência, podemos lutar para evitar as mortes por suicídio”, alertou o chefe do MPMA.

Para a vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda, a parceria entre as instituições é estratégica para atuar no combate ao suicídio. “As instituições precisam estar juntas nessa causa. Parabéns ao Ministério Público pela iniciativa”.

– Publicidade –

Outros destaques