terça-feira, 4 de outubro de 2022

Caso Coroado – Vigilante também planejou matar namorada, diz Polícia

Ainda não se sabe o motivo do assassinato (Foto: Reprodução)

Jailson Costa da Silva, de 29 anos, que disparou tiros contra Edcarlos Costa de Sousa, de 42 anos, na manhã desta terça-feira (10), tinha planejado também matar a própria namorada, segundo informações da polícia. O motivo do crime seria uma dívida de R$ 5 mil que a vítima teria com a namorada do autor do crime, além de suspeita de traição.

Após atirar contra a vítima, Jailson se dirigiu até a casa da namorada, na região do Barés, no bairro João Paulo, para também matá-la, mas encontrou a residência completamente fechada. Logo depois, foi a pé até a Praça São Marçal e atirou no próprio ouvido esquerdo.

A vítima já havia tido um relacionamento amoroso com a namorada de Jailson no passado. Segundo informações da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os dois (mulher e vítima) eram sócios de um depósito de material de construção civil. Edcarlos recebeu quatro tiros no rosto.

Outra questão que a polícia está investigando é a procedência da arma utilizada no crime. O delegado do 2º Distrito Policial, Marcos Amorim, foi descoberto que a pistola utilizada havia sido roubada e que, o que precisava ser descoberto, é quem roubou e como ela chegou nas mãos de Jailson.

– Publicidade –

Outros destaques