sábado, 10 de dezembro de 2022

Cesta Básica de São Luís é a segunda mais barata do Brasil

O valor da Cesta Básica calculado pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) para o município de São Luís foi de R$ 242,51, no mês de novembro de 2014.

 

 

Comparando com o mês anterior, outubro de 2014, o conjunto de gêneros alimentícios essenciais apresentou um aumento de R$ 3,06, ou seja, uma variação mensal de (1,3%), mas por outro lado, São Luís está perto de se tornar a capital com o valor da cesta Básica mais barata do país, perde apenas para Aracajú (SE), onde custa R$ 241,72, R$ 0,79 mais baixo que a de São Luís.

 

 

Entre os 12 produtos que compõem a cesta, 04 (quatro) itens contribuíram para o seu aumento: carne (14,1%), a banana (3,0%), o açúcar (1,4%) e o pão (0,8%). Enquanto 08 (oito) itens apresentaram redução: a manteiga (-8,9%), o feijão (-6,6%), a farinha (-5,1%), o tomate (-3,4%), o leite (-2,1%), o arroz (-1,7%), o CAFÉ (-0,7%) e o óleo (-0,6%).

 

 

Sobre as 18 (dezoito) capitais, em que o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE realiza mensalmente o cálculo da Cesta Básica, o valor para o mês de novembro de 2014 foi: São Paulo (R$ 347,96), Florianópolis (R$ 346,61), Porto Alegre (R$342,62), Vitória (R$331,34), Rio de Janeiro (R$ 325,91), Brasília (R$ 321,05), Curitiba (R$319,26), Manaus (R$ 311,42), Belo Horizonte (R$309,56), Campo Grande (R$ 303,69), Belém (R$ 302,28), Goiânia (R$ 295,79), Fortaleza (R$ 280,59), Recife (R$ 274,44), João Pessoa (R$ 264,99), Natal (R$ 258,93), Salvador (R$255,72) e Aracaju (R$241,72).

 

 

Tomando como base uma jornada de trabalho de 220 horas, o trabalhador no mês de novembro precisou laborar 73 horas e 41 minutos para obter um montante equivalente ao valor da Cesta Básica. O trabalhador que ganha um salário mínimo, precisou comprometer 33,5% da sua renda no mês de novembro de 2014, para adquirir os produtos que compõem a Cesta Básica. Restando apenas 66,5 % do salário mínimo disponível para outras despesas como: habitação, vestuário, transporte, higiene, lazer, entre outras.

– Publicidade –

Outros destaques