terça-feira, 22 de junho de 2021

Arraial Live Guará - Falta 1 dia
Chico Maranhão lança seu novo álbum com 51 anos de história

Chico Maranhão lança seu novo álbum com 51 anos de história

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O cantor e compositor, Chico Maranhão, já lançou várias obras e agora resolveu costurar sua história dos mais de 50 anos, em um álbum duplo, intitulado “Contradições”. São 22 músicas em um CD que possui duas regravações, “Ponto de fuga”, um samba bem antigo, e a “Trilogia sonora à São Luís”.

Duas parcerias também estão presentes no álbum, com o poeta Nauro Machado, cantando a música “Quando baixa o crepúsculo” e “Roça Brasil”, com o cantor Chico Teixeira.

No disco contém a música “Mandioca Pinga Shushi”, que é uma resposta a um trecho do conhecido discurso de Caetano Veloso, feito no III Festival Internacional da Canção, de 1968, que segundo Chico se referiu a ele de forma inadequada.

Com 51 anos de carreira esse já é o 10º projeto do cantor.

Sobre Chico Maranhão

Chico entrou para o imaginário do País no festival de 1967, com um frevo que colocou a plateia para dançar, “Gabriela”, interpretado pelo conjunto MPB-4. O público, que fazia do festival uma espécie de versão musical dos protestos políticos, mergulhava, durante Gabriela, no mais puro carnaval recifense, dançando e abrindo guarda-chuvas no interior do Teatro Record.

Naqueles tempos duros da política, havia também espaço para a pura felicidade da música. E a alegria é mesmo a prova dos noves, como dizia Oswald de Andrade.

Chico Maranhão, mesmo com o sucesso de Gabriela e a carreira sedimentada por outras músicas e shows, acabou deixando São Paulo depois de alguns anos e tomando o caminho de volta a São Luís.

Em 1996, já em São Luís, reencontrando suas raízes, Chico lançou o CD “Ópera Boi – O Sonho de Catirina”, gravado no Teatro Arthur Azevedo. Em 1997, lança outro CD, “São João, Paixão e Carnaval”. E assim os shows, e os CDs vão se sucedendo, um após outro.

– Publicidade –

Outros destaques