quarta-feira, 24 de julho de 2024

Cinema é notificado por prática irregular de venda

Foto: Divulgação

 

Nesta terça-feira (13), A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) notificou o Cinépolis de São Luís por causa da proibição da entrada de consumidores com produtos alimentícios não adquiridos na lanchonete da empresa. A prática é conhecida como venda casada e desobedece as normas estabelecidas no Código de Defesa do Consumidor.

 

O Procon determinou a retirada dos banners que informavam a proibição da entrada de consumidores com refrigerantes em recipientes de lata, garrafas plásticas, copos ou garrafas de vidro, sanduíches, pizzas, caldos, esfirra, hambúrguer ou qualquer tipo de alimento produzido em restaurantes.

 

Segundo o órgão de Defesa do Consumidor, a empresa terá que fixar, em local visível ao público, aviso sobre a permissão de entrada com produtos alimentícios e bebidas adquiridas em outros estabelecimentos e terá que responder, em até dez dias, à notificação do Procon.

 

O cinema alegou que os consumidores são orientados a não entrar com os alimentos proibidos por causa do descarte inadequado e do mau cheiro que podem provocar no local. A equipe do Procon orientou os representantes da empresa que, ao invés de proibir a entrada dos clientes com determinados alimentos, desenvolvam práticas que incentivem o descarte correto do lixo.

 

– Publicidade –

Outros destaques