Condenado por agredir a mãe, morre após “mal-estar” na prisão


Roberto Elísio Coutinho de Freitas, de 53 anos,  condenado por agredir a própria mãe, faleceu, no início da tarde desta segunda-feira (24), no Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão 2), onde estava internado desde a noite da última sexta-feira (21).