segunda-feira, 15 de julho de 2024

Copa do Mundo: Brasil recebe nota alta da Fifa

Após um mês de competição e 64 jogos, a Copa do Mundo no Brasil alcançou recordes dentro e fora de campo. Os números do torneio qualificaram a organização do Mundial como um sucesso. Opinião compartilhada pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, que elogiou o megaevento.

 

A competição contou com quase 700 mil turistas estrangeiros, número que superou as expectativas iniciais do governo.  Mais de 485 mil passageiros passaram pelos 21 aeroportos nas 12 cidades-sede, que registraram apenas 7,46% de atrasos de voos – índice menor que o padrão internacional.

 

O transporte público foi o meio mais utilizado pelos torcedores acessarem os estádios em, pelo menos, três das maiores metrópoles do País. Nos dias de jogos, mais de 80% das pessoas chegaram à Arena Corinthians pelo metrô de São Paulo, por exemplo. O modal foi escolhido por 65% dos espectadores no Rio de Janeiro. Em Recife, 63% do público optou pelo metrô ou pelo BRT.

 

A Copa do Mundo de 2014 também ficará marcada pela tecnologia da informação. Os investimentos públicos e privados de mais de R$ 1,7 bilhões em telecomunicações permitiram mais de 45 milhões de envios de fotos até as semifinais do torneio e mais de 11,2 milhões de chamadas completadas nos estádios durante os jogos até as quartas de final.

 

Além do serviço de internet móvel 2G, 3G e 4G, os investimentos também garantiram a alta capacidade para a transmissão das partidas. A Copa do Mundo bateu recordes de audiências em diversos países, a ponto de superar a final da NBA e do beisebol nos EUA.

– Publicidade –

Outros destaques