quarta-feira, 14 abril, 2021
Início Destaque 2 Coreia do Sul começa 2021 com descriminalização do aborto

Coreia do Sul começa 2021 com descriminalização do aborto

Após 67 anos, o direito à interrupção voluntária da gravidez é liberado para todas as mulheres da Coreia do Sul. Antes só aceito para vítimas de estupro, incesto ou em casos de risco à saúde da gestante. A lei que criminalizava o aborto na Coreia do Sul foi retirada da legislação do país no dia 1 de janeiro de 2021.

Descriminalização do aborto na Coreia do Sul

Esta é, sem dúvida, uma vitória, saboreada por Na Young, líder da associação Share, organização que defende os direitos das mulheres.

“Os membros da Assembleia Nacional não concordaram em alterar a lei existente. Mas a lei deveria expirar após a decisão do Tribunal Constitucional de abril de 2019, que a declarou ilegal. As disposições penais sobre o aborto na lei que o criminalizava não estão mais em vigor a partir de 1º de janeiro de 2021. Estou muito feliz em compartilhar esta boa notícia da Coreia do Sul “, declarou Young.

Centenas de mulheres, inclusive adolescentes e pessoas com deficiências, comemoraram em frente ao Tribunal Constitucional, onde a decisão foi anunciada.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -