sexta-feira, 30 de setembro de 2022

‘CPI da Viagra’: Bira colhe assinaturas para investigar compra de remédio por governo Bolsonaro

Foto: Reprodução

O deputado Bira do Pindaré (PSB/MA) começou a colher assinaturas, nesta terça-feira (12), para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) focada em investigar a compra de mais de 35 mil comprimidos de Viagra pelo governo Bolsonaro para as Forças Armadas. Os números estão disponíveis no Portal da Transparência.

O medicamento, comumente utilizado para disfunção erétil, tem sido adquirido por meio de oito processos desde 2020. São 28.320 comprimidos destinados à Marinha, 5 mil ao Exército e 2 mil à Aeronáutica – com indícios de superfaturamento por órgãos e entidades ligados ao Ministério da Defesa. A justificativa da Marinha e do Exército é de que os medicamentos seriam usados para o tratamento de Hipertensão Pulmonar Arterial (HAP).

O texto do requerimento, assinado por Bira, contrapõe: “as justificativas, entretanto, divergem da indicação contida na bula do medicamento, bem como da opinião de especialistas como Veronica Amado, pneumologista da Comissão de Circulação Pulmonar da SBPT (Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia), para quem a dosagem de 25 mg, como a do Viagra, não está prevista na
literatura para tratar HAP”.

O documento precisa conter 171 assinaturas para que seja enviado à Presidência da Câmara dos Deputados. Atualmente, já conta com 40.

– Publicidade –

Outros destaques