quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Criança de 2 anos morre 10 dias internada após explosão com botijão de gás

Após 10 dias de uma explosão com botijão de gás, um bebê de 2 anos, morreu na noite desta segunda-feira (27). A criança estava internada na na UTI do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz desde do dia 17 deste mês, quando aconteceu o acidente na casa que morava com os pais, no bairro Jardim São Luís, em Imperatriz.

A criança, identificada como Heloá Ferreira faleceu por conta de complicações das queimaduras causadas pela explosão, devido um vazamento de gás de cozinha. A criança teve queimaduras graves em 70% do corpo.

A mãe da menina, Ana Carolina Ferreira, que estava com a filha no momento do acidente, entrou em óbito no dia 23, última quinta-feira. Ela teve queimaduras de terceiro grau em todo o corpo e não resistiu aos ferimentos.

Relembre o caso

No dia 17 de junho, Uma mulher de 21 anos e sua filha, uma criança de 2 anos, foram vítimas de uma explosão, por causa de vazamento de gás.

As duas tiveram graves queimaduras durante o acidente, que aconteceu em uma casa localizada na Rua Carajás, no bairro Jardim São Luís, em Imperatriz. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o gás de cozinha estava vazando quando a vítima chegou e ligou o interruptor de luz.

A mulher foi socorrida e levada direto para o centro cirúrgico do Hospital Socorrão, na cidade da região Tocantina, e a criança foi levada para o Socorrinho. O Corpo de Bombeiros apagou as chamas, mas o botijão de gás continuava vazando, então foi recolhido e colocado em local aberto.

– Publicidade –

Outros destaques