sexta-feira, 3 julho, 2020
Início Capa De julho para agosto, focos de incêndio aumentam 67,9% no MA

De julho para agosto, focos de incêndio aumentam 67,9% no MA

No Maranhão, na passagem do mês de julho para agosto houve um aumento de 67,9% no número de queimadas. Em julho, foram 1.078 focos no estado; já em agosto, o número saltou para 3.366 registros de chamas em municípios do estado. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Em agosto, os municípios que mais sofreram com incêndios foram Mirador – com 533 focos -, Balsas – com 221 registros – e Barra do Corda, com 216.

Houve aumento também em relação ao mesmo período do ano passado. Em agosto de 2018, foram 2.833 focos de incêndio, o que representa uma alta de 15,8%. Somente ontem, 19 de setembro, já foram registrados 106 focos de incêndio no Maranhão.

Vale lembrar que o Maranhão possui em seu território grandes áreas da Amazônia Legal, logo, os números apontam para a urgência em diminuir esses focos. Os dados também enfatizam o debate que se intensificou no mês passado quando o céu da cidade de São Paulo escureceu às 15h, também por conta da fumaça de queimadas na Bolívia, em Rondônia e no Acre que foi trazida pelos ventos.

Mais dados
De primeiro de janeiro até o último dia 18 de setembro, foram registrados 8.834 focos de incêndio em todo o Maranhão. Esse número representa uma alta de 20% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 7.349 registros de incêndio.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -