domingo, 21 de julho de 2024

Dezesseis ‘flanelinhas’ são retirados das ruas

Nesta terça-feira (27), dezesseis pessoas que atuavam irregularmente como guardadores de veículos foram retiradas da ruas do Centro de São Luís, durante uma operação da SSP (Secretaria de Segurança Pública). Segundo informações da secretaria, os ‘flanelinhas’ exerciam a profissão sem o cadastro necessário.

 

Segundo o coordenador da Saisp (Supervisão de Área Integrada de Segurança Pública Oeste), delegado Joviano Furtado, as atividades, que aconteceram no entorno do Mercado Central, Igreja da Sé e das praças Benedito Leite e João Lisboa,  serão intensificadas em outros bairros da capital maranhense.

 

O coordenador da Saisp explica, ainda, que, em casos de valores cobrados de forma abusiva, o guardador pode responder pelo crime de extorsão. “É importante que a população denuncie as ocorrências para que possamos agir de maneira mais eficaz em defesa da sociedade”, orientou. 

 

No ano passado, 145 trabalhadores irregulares foram notificados. Os guardadores que forem notificados e não se regularizarem responderão por exercício ilegal da profissão.

 

Legalização da profissão

 

A atuação dos guardadores de veículos na capital maranhense é regulamentada desde 2011, através do projeto ‘Guardador Legal’ que já cadastrou 600 profissionais. Para se regularizar, o guardador necessita dos documentos pessoais, registro no Ministério do Trabalho e atestado de bons antecedentes.

 

– Publicidade –

Outros destaques