Dezesseis pessoas já foram presas em Operação Alvo Certo


Foto: Divulgação Polícia Civil

Dezesseis pessoas já foram presas, nos últimos dois dias em decorrência da Operação Alvo Certo, realizada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). A operação visa combater o crime organizado no estado. Hoje, seis pessoas foram apresentadas pela Polícia Civil.

De acordo com a polícia, cinco das seis pessoas presas hoje estavam comandando as ações de uma facção criminosa de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Joyce Mary foi detida após visitar o marido Jorge Henrique Amorim na prisão. Os outros cinco presos foram identificados por Deyvison Estrela, Jorge Henrique Amorim, Mailton Silva, Alberdan Costa, Johnny Willer.

A polícia não descarta envolvimento de advogados, ajudando nessas ações da facção criminosa. Segundo o delegado Gil Gonçalves foi constatado que nas listas da organização havia indícios de uma relação que ultrapassava a profissional, uma vez que foram encontrados indícios de que havia uma contribuição maior para o progresso dessas facções.

Ontem, dez pessoas foram apresentadas. Todos são acusados de realizar movimentações financeiras e alistamento de integrantes para facção criminosa que atua no estado. Além das prisões, também foram apreendidas cinco armas e materiais utilizados na organização do grupo, como cadernos de anotações, notebooks e celulares, entre outros. Mais de 80 policiais civis participaram da operação, que vai ter continuidade.