sábado, 20 de julho de 2024

Dia das Mães: 61,5% dos ludovicenses pretendem ir às compras neste período

A pesquisa de intenção de consumo para o Dia das Mães 2023, realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Maranhão (Fecomércio-MA), mostrou que 61,5% dos ludovicenses pretendem ir às compras neste período. O índice sofreu um arrefecimento em relação ao ano passado, com desaceleração de -7,6% na predisposição de consumo. A acomodação da intenção de compra reflete a expansão do consumo experimentada em 2022 após a retomada plena da atividade econômica com o fim das restrições sanitárias, o que influenciou fortemente os resultados do ano passado. Assim, este ano, o indicador retornou ao mesmo patamar do período pré-pandêmico, em 2019, quando registrou 61,1% de intenção de consumo.

Os resultados mostram a consolidação da retomada da confiança das famílias e o fim efetivo dos efeitos da crise sanitária sobre o consumo. Para a data deste ano, a maioria dos consumidores (67,3%) deverá concentrar a compra em apenas um item para presentear. Apesar disso, a pesquisa demonstra que o ludovicense deve gastar mais este ano com a compra, declarando média de consumo total de R$ 391, o que equivale a elevação de +51% na perspectiva de gasto em relação a 2022. O valor por presente deverá ficar em R$ 360.

O bom resultado da perspectiva de gastos enfatiza o efeito do mercado de trabalho sobre a renda das famílias, considerando que somente o município de São Luís foi responsável pela criação de mais de 22 mil novos postos de trabalho formais ao longo de 2022, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Somente nos três primeiros meses deste ano, o mercado de trabalho ludovicense já apresenta a abertura de 1.949 vagas de emprego com carteira assinada, somando o quantitativo total de 291 mil pessoas com empregos formais no município. “A atividade econômica tem se mostrado resiliente aos choques e crises que enfrentou nos últimos anos, inflação acelerada, juros altos, restrições sanitárias, chuvas fortes, greves de transporte, entre outros entraves. O comércio voltou a gerar empregos e está confiante nos resultados para o Dia das Mães, que é considerada a segunda melhor data para o varejo”, realça o presidente da Fecomércio, Maurício Aragão Feijó.

Produtos e locais

A lista de preferências dos consumidores de São Luís em 2023 é formada, principalmente, pelos itens de perfumaria e cosméticos (26%), artigos de vestuário (22%), sapatos e bolsas (17%) e joias (11%).

Com o consumidor mais propenso aos gastos este ano, o destaque da pesquisa vai para 32% dos ludovicenses dispostos a adquirir bens duráveis na data, tais como eletrodomésticos, eletroportáteis e eletrônicos. Entre esses produtos, que elevaram a média de gastos do período, estão os fogões ou geladeiras (6,3%), air fryer (5,5%), televisão (5,1%), liquidificador ou cafeteira (5,0%), lavadora de roupas (4,9%) e smartphone (4,8%). “Após meses de represamento da intenção de compras dos bens duráveis, por diversos fatores como influência do dólar sobre os preços dos produtos e juros elevados que dificultam o financiamento, as famílias ludovicenses vão apostar no Dia das Mães para adquirir esses produtos com valor agregado mais alto, unindo a necessidade da casa e a vontade de agradar suas mães”, pontua Maurício Feijó.

Dessa forma, com a intenção de comprar produtos mais caros este ano, os consumidores deverão dar prioridade para o consumo por meio do cartão de crédito. De acordo com a pesquisa, 57% dos ludovicenses vão recorrer ao parcelamento nos cartões para adquirir o presente do Dia das Mães. Apesar disso, os lojistas precisam ficar atentos às estratégias de vendas, com promoções e descontos, para atrair também aqueles consumidores que pretendem pagar à vista. Segundo o levantamento, 60% dos entrevistados na pesquisa afirmaram que reservaram algum dinheiro para ir às compras no período, seja através do uso do cartão de débito (12%), do sistema de PIX (18%) ou mesmo com dinheiro em espécie (30%).

Em relação aos locais de compra, a maioria dos consumidores deverá buscar os produtos nas lojas de shopping, indicado por 56,6% dos ludovicenses. Essa opção de consumo nos shopping centers ganha ainda mais destaque entre as mulheres (59%), adultos de 21 a 35 anos (61%), pessoas com ensino superior completo (60%) e renda superior a 10 salários-mínimos (87%).

Por outro lado, a Rua Grande segue como a segunda opção dos consumidores de São Luís, com 31% de escolha pelo Centro da cidade, tendo maior preponderância na escolha dos consumidores com renda de até 5 salários-mínimos (38%). Lojas de bairros e galerias comerciais (24%), supermercados (21%) e a internet (7%) também apareceram na predileção dos consumidores para o Dia das Mães.

Mais

A pesquisa de intenção de consumo para o Dia das Mães 2023 em São Luís-MA, realizada pela Fecomércio-MA, entrevistou 700 pessoas com mais de 18 anos nos principais pontos de fluxo da cidade, no período de 30 de março a 1 de abril. A margem de erro da amostra é de 3,2% para mais ou para menos. O nível de confiança do levantamento é de 95%.

– Publicidade –

Outros destaques