Dia do fotógrafo: conheça a história de quem eterniza momentos


Registrar um momento em frações de segundos, contar histórias, relatar fatos e sensibilizar. Essa é a função de quem usa os olhos da lente de uma máquina fotográfica para eternizar momentos. Nesta terça-feira (8), é celebrado o Dia do Fotógrafo e também o Dia Nacional da Fotografia, em um tempo onde fotografa-se tudo, o tempo todo.

O dia 08 de janeiro foi escolhido para comemorar a chegada da primeira câmera fotográfica no Brasil em 1840: o Daguerreótipo. Máquina inventada por Louis Jacques Mandé Daguérre e apresentada mundialmente no dia 19 de agosto de 1839, em Paris.

A fotografia é uma das maiores invenções da era moderna, transformando completamente a literatura, a comunicação e as pessoas, assim como transformou a vida do fotógrafo Leonardo Mendonça que vive em São Luís e começou em 2011 a leva essa ferramenta como vida profissional.

“A fotografia começa pelo conceito dela, ela é escrita com luz, então estamos através da fotografia escrevendo uma história, pode ser um casamento, o cotidiano de uma cidade, o nascimento de uma criança, uma viagem. A fotografia traz esse deslumbre do que é a eternidade, ela retorna as memórias”, conta o fotografo Leonardo.

Foto de Leonardo Mendonça

Em entrevista ao Portal Guará ele conta que começou a fotografar em 2011 quando ganhou uma câmera, tendo como seu alvo principal o Centro Histórico de São Luís. Com os elogios recebidos das fotos que tirava foi incentivado a levar a fotografia mais a sério.

“A fotografia me vê como um cara pra contar histórias, eternizar momentos, mostrar um pouco de sua cidade e ter uma visão diferente”, diz ele.

Centro Histórico de São Luís – Foto: Leonardo Mendonça

A fotografia, assim como qualquer profissão, requer muito estudo, dedicação, conhecimento, investimento e muita força de vontade. No entanto, quando o assunto é dinheiro, as coisas podem se complicar, será se é possível viver bem com fotografia em São Luís?

“Se a gente for pensar a fotografia como renda aqui em São Luís e se agente for pensar na questão de eventos, é muito sazonal. Existem épocas do ano em que surgem muitos eventos, mas outras épocas isso fica em baixa. Se for pensar na renda pelo lado artístico, é muito mais difícil se você não tiver um nome consolidado no mercado ou não tiver apoio”, relata o fotógrafo.

O marketing digital é um meio poderoso e bastante acessível para quem deseja expor o seu trabalho e que queira obter resultados. Para isso, o primeiro ponto é estar presente nas principais redes sociais.

O fato é que não importa a área de atuação seja em filmes, fotojornalismo, publicidade, moda, eventos, instituições oficias, entre outros, a fotografia fala e eterniza.

Com as novas tecnologias e equipamentos disponíveis a todos, qualquer um pode tirar fotografias, porém somente com um olhar técnico e profissional é que poderá ser obtido um resultado satisfatório, tornando necessário o trabalho do profissional de fotografia.

Conheça ainda mais o trabalho do fotógrafo Leonardo Mendonça: