sábado, 4 de fevereiro de 2023

Dilma fala em valorização do salário mínimo

Os ganhos do trabalhador com a valorização do salário mínimo foram destacados pela presidenta Dilma Rousseff em sua primeira mensagem no Dia do Trabalho, nas redes sociais. O pronunciamento seria feito em cadeia nacional de rádio e TV, mas a possibilidade de um novo “panelaço” fez com que a ideia fosse abortada. A Secretaria de Imprensa da Presidência da República preferiu distribuir a gravação na manhã de hoje (1º). No texto, Dilma diz que essa “valorização” é uma das maiores conquistas dos últimos 13 anos.

 

A presidenta lembra que em março deste ano enviou ao Congresso Nacional uma medida provisória que garante a política de valorização do salário mínimo até 2019. De acordo com a presidenta, dessa forma o poder de compra do trabalhador está sendo assegurado por lei. Dilma ressaltou que em 2011 já havia adotado medida semelhante.

 

“Já tínhamos aprovado em 2011 uma lei semelhante a essa. Por isso o salário mínimo cresceu 14,8% acima da inflação em meu primeiro mandato. Mais de 45 milhões de trabalhadores e aposentados são beneficiados por essa política do meu governo”, disse.

 

A presidenta ressaltou ainda que também em março encaminhou ao Congresso outra medida, com a proposta para correção da tabela do Imposto de Renda que preserva o salário. “Com ela o trabalhador terá seu salário preservado e não irá pagar um imposto maior. Tudo isso vem garantindo um Brasil mais justo”, garantiu Dilma Rousseff.

 

Pela primeira vez, a presidenta não fez um pronunciamento em cadeia de rádio e TV, preferindo se manifestar por meio das redes sociais. Na quarta-feira (29), o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, havia informado que a opção de Dilma é priorizar as redes sociais.

Assista, a seguir, a integra da mensagem da presidenta Dilma Rousseff.

– Publicidade –

Outros destaques