quinta-feira, 24 setembro, 2020
Início Esportes Diretor do Sampaio critica CBF e culpa desorganização por mal resultado

Diretor do Sampaio critica CBF e culpa desorganização por mal resultado

O diretor de futebol, Vinicius Saldanha, está muito revoltado com a logística imposta pela CBF ao Sampaio Corrêa.

“Foram 15 horas de viagem, na sexta-feira, para que a equipe chegasse em Varginha, Minas Gerais, para enfrentar o Boa Esporte. 10 horas de avião e mais 5 horas de ônibus, de Belo Horizonte até a cidade onde ocorreu o jogo. Uma viagem extremamente cansativa para os jogadores e comissão técnica”, esbravejou o cartola

De acordo com o diretor, “o presidente, Sergio Frota, fez de tudo para adiantar a saída para quinta, mesmo tendo que arcar com os custos de passagem, mas não haviam vagas disponíveis no vôo”.

Outro critica relatada pela diretoria do tricolor foi em relação ao vôo da volta marcado pela CBF. “Como se não bastasse, na volta, a equipe saiu do estádio por volta das 23h30, chegou ao hotel às 00h30, jantou e teve que partir para Belo Horizonte às 4h da madrugada, pois o vôo de volta, marcado pela CBF, sairia da capital às 10h40”.

A preocupação da comissão técnica é relação ao próximo jogo, já que o adversário, Santa Cruz, teve o jogo adiado devido a morte do candidato e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Segundo Vinicius Saldanha, o Sampaio tem feito de tudo para poder competir em igualdade com os adversários. “Além de lutar dentro de campo, o Sampaio Corrêa luta muito do lado de fora. Contra a falta de recursos, contra a logística da Confederação Brasileira de Futebol e contra times muito mais estruturados, que recebem patrocínios polpudos do poder público e da iniciativa privada”.

Amanhã, o Sampaio enfrenta o Santa Cruz às 19h30 no Castelão e os ingressos estão à venda, inteira e meia, em todos os postos autorizados.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Empresa aérea deve indenizar cliente por cancelamento de voo

A empresa aérea apresentou contestação, requerendo a suspensão do processo por causa das dificuldades financeiras
- Publicidade -