segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Diretoria do Fórum de São Luís apresenta demandas de segurança ao TJMA

Des. José de Ribamar Castro reuniu-se com o diretor do Fórum, juiz Raimundo Nonato Neres, para discutir as demandas de segurança do órgão

Com o retorno de 100% das atividades presenciais no Judiciário maranhense serão implementados novos protocolos de segurança no Fórum Des. Sarney Costa. Nesta sexta-feira (27), o novo presidente da Comissão de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça (TJMA), desembargador José de Ribamar Castro, reuniu-se com o diretor do Fórum, juiz Raimundo Nonato Neres, para discutir as demandas do órgão e também esteve nos locais onde funcionam as varas criminais, além de visitar o espaço onde será instalado o Centro Integrado de Segurança Institucional do Judiciário (CISIPJ).

“Estamos atendendo as demandas apresentadas pela Diretoria do Fórum e estaremos à disposição, fazendo com que a Comissão se faça presente nas necessidades do Fórum, local de grande circulação de pessoas”, afirmou o desembargador. Ele disse que vai realizar reuniões com os juízes e juízas, por área de competência das unidades judiciárias, para ouvir suas necessidades. A Comissão possui papel estratégico na condução das políticas institucionais para ampliação das medidas de segurança, diante das peculiaridades e novos desafios que permeiam os ambientes judiciais e administrativos do Poder Judiciário.

Sobre o CISIPJ, o desembargador explicou que há necessidade de um espaço reservado e restrito à circulação do pessoal que trabalha na área, para que a Comissão de Segurança possa desenvolver suas atividades, por isso o Centro Integrado será instalado no Fórum de São Luís, que é maior unidade do Judiciário em espaço físico e quantidade de pessoas.

O diretor Raimundo Nonato Neres apresentou ao presidente da Comissão de Segurança as demandas do Fórum, principalmente nos espaços onde estão localizadas as unidades criminais, estacionamentos e as entradas que dão acesso ao prédio.

Junto com o diretor do Fórum, Ribamar Castro esteve na Vara Colegiada de Crimes Organizados, para conhecer as instalações e conversar com os juízes sobre as necessidades da unidade e protocolos de segurança; e Na 8ª Vara Criminal especializada no combate a crimes contra crianças e adolescentes. Também acompanharam o desembargador o diretor de Segurança Institucional e Gabinete Militar do TJMA, coronel Alexandre Magno; a coordenadora de Segurança Institucional, coronel Claridelma Mesquita; e o chefe da Segurança do Fórum de São Luís, major Edson Cutrim.

Encerrando a visita, o presidente da Comissão conheceu o espaço onde será instalado o CISIPJ, com uma central de videomonitoramento que atenderá todo o estado (comarcas da capital e interior), ampliando o sistema que hoje funciona na Diretoria de Segurança Institucional do TJMA. A previsão é de que até dezembro deste ano o Centro Integrado entre em pleno funcionamento.

A implantação do CISIPJ é uma meta estratégica para o Tribunal. alinhada à meta estratégica de adequar a estrutura de segurança às novas tecnologias. A central de videomonitoramento utilizará tecnologia como reconhecimento facial e biometria por imagem, incrementando o sistema de controle de acesso de pessoas aos prédios do Judiciário maranhense.

– Publicidade –

Outros destaques