segunda-feira, 27 de junho de 2022

G10 Editora

Dupla é presa com 36kg de maconha hidropônica

Em entrevista coletiva, a delegada de Polícia Civil, Maria Cristina Resende Meneses, apresentou, nesta segunda-feira(1º), no auditório da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), em São Luís,dois indivíduos envolvidos com o tráfico de drogas nos estados do Piauí,Tocantins, Ceará e Maranhão. Presentes na coletiva, o subdelegado Geral da Polícia Civil, Augusto Barros e os delegados assistentes da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), Carlos César Veloso e George Antônio da Silveira.

A prisão Fábio Renner, 33 anos, e Ruy Eduardo Bezerra da Silva, 36 anos, se deu, na sexta-feira (29), na cidade Grajaú, no interior do Maranhão e foi em decorrência de uma ação conjunta da SPCI e da 17ª Delegacia Regional de Caxias, que tinha o objetivo de apreender armas de fogo que seriam utilizadas em assaltos a banco. Ainda durante a operação policial, os investigadores apreenderam 36 quilos de maconha hidropônica (droga modificada geneticamente em laboratório) prensada.

Segundo o delegado assistente da SPCI,Carlos César Veloso, a polícia estava realizando um trabalho de monitoramento,no intuito de prender assaltantes de banco que atuariam na região do município de Barra do Corda, quando recebeu uma denúncia anônima de que dois homens estavam circulando pela cidade de Grajaú, e que estariam hospedados em um hotel, no centro daquele município e que seriam os suspeitos de cometer assaltos à agência bancárias.

De acordo com o delegado George Antônio da Silveira, após receber a informação, os investigadores deram início as buscas. Por volta, das 23h, de sexta-feira (29), foi realizada uma vistoria no apartamento dos indivíduos. Na ocasião, os elementos informaram que chegaram à Grajaú por meio de um ônibus de viagem.

Logo em seguida, os agentes civis fizeram uma revista no interior da caminhonete S10, que estava em poder da dupla. No momento, os policiais encontraram um fundo falso, onde estavam 28 tabletes de maconha hidropônica prensada, equivalente a 36 quilos.

Os criminosos foram levados para a Delegacia Regional de Barra do Corda para prestar esclarecimentos. ?Em depoimento, os traficantes informaram que estavam vindo da cidade de Palmas (TO) e que a droga seria levada para o estado do Piauí, onde haveria um homem, que não foi identificado, esperando pelo produto ilícito e que o carro utilizado foi alugado em uma locadora no Piauí? disse o delegado George Antônio.

A droga é oriunda do Paraguai, e equivale ao valor de R$ 70 mil no atacado. Ao serem vendidos, os entorpecentes arrecadariam a quantia de R$ 200 mil.

Conforme explicou, Carlos César Veloso,as substâncias tóxicas foram adquiridas no estado do Goiás. ?Essa dupla de traficantes faz parte de uma quadrilha especializada em tráfico de drogas e atuam em diversos estados do Brasil? informou.

Fábio e Ruy foram autuados por tráfico de drogas e recambiados para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

 

– Publicidade –

Outros destaques