"Nesse contexto é imprescindível que sejamos todos súditos da lei, pois, essa subserviência é a pedra fundante da sociedade (enquanto organização de um coletivo humano)"
Em linhas gerais, tanto a antropologia brasileira quanto a estrangeira –brasilianistas – construíram a imagem do povo brasileiro como sendo um povo pacífico, dócil, hospedeiro, generoso e avesso a conflitos. Contudo, em Raízes do Brasil – O Homem Cordial, cap. 05 -, Sérgio Buarque de Holanda, aponta que a cordialidade do brasileiro, traduzida no horror a distanciamento ritualístico, formalidade e...