Eleição para presidente da Câmara Municipal de Timon foi suspensa


O juiz substituto dos Feitos da Fazenda Pública de Timon, Rogério Monteles, em sentença proferida no final da tarde desta quinta-feira (10) anulou a Sessão Extraordinária realizada no último dia 2 e que foi presidida pela vereadora Socorro Waquim. Na sentença o magistrado também anulou a eleição do último dia 4 que elegeu o vereador Helber Guimarães presidente da Câmara Municipal.

Com a decisão da justiça a realização da Sessão convocada por Hélber Guimarães para votação do orçamento 2019 que estava prevista para amanhã, dia 11, está suspensa.

Na mesma sentença Rogério Monteles manda ainda investigar o comportamento de alguns advogados que no dia eleição para a mesa diretora da casa teriam obstruído o trabalho do oficial de justiça que foi comunicar sobre uma Liminar do juiz Simeão Pereira e Silva cancelando a Sessão do último dia 2, sessão esta que também marcou aquela data para a realização da eleição.

A sentença cabe recurso ao Tribunal de Justiça do Maranhão. Só lá poderá derrubar a decisão do juiz