G10 Editora

Mais de 800 entorpecentes foram apreendidos pela polícia em quatro meses

O Batalhão de Policiamento de Choque (BpChoque) tem deflagrado vários operações para combater a criminalidade em locais específicos de cada região. O objetivo é coibir diversas ações criminosas na região metropolitana.

        

De maio a agosto deste ano, o Batalhão de Choque já apreendeu 31 armas de fogo e 36 armas brancas, além de 825 papelotes de entorpecentes, entre maconha, crack e cocaína e fez 217 conduções aos distritos policiais.

        

Para o major Francisco Wellington, comandante do batalhão, essas operações têm contribuído significativamente para os bons resultados. Ainda segundo ele, as abordagens são ferramentas relevantes para apreender armas e drogas e prender bandidos. “É extremamente importante em qualquer tipo de operação realizar a abordagem para que possa diferenciar o cidadão do bandido. As abordagens são ferramentas importantes para combater os roubos. Várias armas já foram encontradas em ações deflagradas”, ressaltou o major.

 

O policiamento é reforçado com a Operação Tornado durante os fins de semana. Entre os grupamentos responsáveis pela operação estão o Batalhão de Choque, Ronda Tática Móvel (Rotam) e Esquadrão de Polícia Montada (EpMont).

 

(Foto: Divulgação/SSP)

– Publicidade –

Outros destaques