quarta-feira, 17 de julho de 2024

Emprego formal no Maranhão apresenta crescimento em maio de 2024

O Monitoramento do Emprego Formal, pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), registrou, em maio de 2024, um aumento de 2.416 contratações e um crescimento de 0,37% em relação ao total de empregos formais no estado.

No contexto regional, o Nordeste teve 31.742 contratações líquidas e um crescimento de 0,41% no estoque de empregos formais. Já a nível nacional, o Brasil registrou 131.811 contratações líquidas, o que resultou um aumento de 0,28% no estoque.

Entre as atividades econômicas, o setor da Construção apresentou um saldo de 1.200 contratações líquidas, totalizando 49.031 postos de trabalho formalizados. Por outro lado, a atividade “água, esgoto e gestão de resíduos” gerou saldo negativo de 42 demissões.

A agropecuária maranhense foi o setor de serviços com maior representatividade na região nordestina, com total de 31.765 vínculos formais e alcançando 10,47% do total de estoque de empregos.

A menor participação setorial ficou com os segmentos da indústria e construção. Mesmo com 102.523 empregos formais em seu total, representa somente 5,93% do total de empregos formais nessas atividades no Nordeste.

– Publicidade –

Outros destaques