Ocupação irregular no sitio Santa Eulália

PorRedação

Foto: Fábio Bala/TV Guará

Na década de 1980 o Sítio Santa Eulália, uma área verde na capital maranhense sofreu com a devastação ambiental. Passados praticamente quarenta anos, o que se viu ali foi a progressão dos problemas, diante do avanço indiscriminado da especulação imobiliária.

A área em questão é de propriedade do governo do estado e no plano diretor da cidade de São Luís, o município demarca a área como de preservação permanente. Com isso, tanto município quanto o Estado tem responsabilidade de fiscalizar e proteger a área em questão.

O repórter Jairon Martins e o cinegrafista Marcos leite foram ao local e flagraram várias irregularidades. Moradores da região denunciaram que já foram feitas denúncias para órgãos da prefeitura e do governo do estado, mas nenhuma resposta foi dada a comunidade. A matéria completa sobre esse assunto, produzida por Milena Dutra, foi exibida no Jornal da Guará.  Reveja a matéria:

Em nota a Secretaria Municipal de Meio Ambiente disse que a área do Sítio Santa Eulália possui diversas limitações de uso que devem ser observadas. Sobre a ocupação irregular na área, a Secretaria disse que vai realizar um levantamento da situação, a fim de encaminhar a demanda aos órgãos competentes, municipais ou estatuais, para que sejam tomadas as providências necessárias para desocupação do espaço.