domingo, 24 de setembro de 2023

Estudante é assassinado a tiros a caminho da escola

Duas pessoas foram assassinadas na noite desta segunda-feira (6), na região metropolitana de São Luís.

Os crimes aconteceram no Maracanã e São Cristóvão. Entre as vítimas está um garoto de apenas 17 anos que foi morto a tiros quando estava indo para a escola.

 

O primeiro crime foi registrado próximo ao colégio Renato Archer, no bairro do Maracanã. De acordo com informações policiais, um estudante de 17 anos, que residia Vila Sarney, localizada na região do Maracanã, estava se deslocando para a escola quando foi executado por dois homens em uma moto.

 

No momento do crime outros quatro garotos estavam com a vítima. Eles foram abordados pelos assassinos, que teriam anunciado um assalto.

 

A vítima, identificada como Bruno Mariano da Silva, disse aos bandidos que não tinha nada, e sem discussão o homem que estava na garupa da moto disparou um tiro contra o garoto. Outro estudante, que ainda não foi identificado também foi ferido. Os criminosos fugiram.

 

Bruno morreu no local. O outro ferido ainda foi socorrido, mas não corre risco de morte.

 

São Cristóvão
O segundo assassinato da noite da segunda, foi o de Carlos Eduanderson Freire Salgado, de 28 anos. Ele foi morto, também a tiros, na Rua Antônio Dino, bairro do Jardim São Cristóvão.

De acordo com o relatório da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), o jovem foi executado dentro da residência onde morava.

Dois homens chegaram em um Renault Clio, de cor e placas não identificados, e invadiram a casa de Carlos Eduanderson. Já no interior da residência, os suspeitos sacaram as armas e atiraram várias vezes no rapaz, que morreu no local.
A polícia da capital maranhense investiga os dois casos.

 

Número de mortes
Com estas mortes sobe para 17 o número de pessoas que perderam a vida de forma violenta na região metropolitana de São Luís, em apenas seis dias de abril. Foram 13 homicídios e quatro latrocínios, sendo que apenas duas mortes foram cometidas por arma branca.

São 2.83 mortes por dia, sendo que a cada 8h30 uma pessoa perde a vida na região metropolitana, em abril.

– Publicidade –

Outros destaques