Explosão destrói agência bancária em Penalva


Agência ficou completamente destruída

A polícia ainda não tem pistas do grupo que explodiu a agência do Banco Bradesco no município de Penalva, distante 226 km de São Luís. Durante a madrugada deste sábado (8) bandidos fortemente armados invadiram a cidade, foram até o banco e provocaram as explosões que destruíram completamente a agência.

Durante a ação ninguém ficou ferido e até agora não há informações sobre o valor levado pela quadrilha. Em menos de uma semana é a terceira ação envolvendo explosões de bancos no estado. Em São Luís, uma agência foi pelos ares na Avenida dos Holandeses, no Calhau e no municípo de São Bernardo, ação similar de bandidos também resultou na explosão de caixas eletrônicos. Os criminosos danificaram a estrutura da agência do Banco do Brasil, com explosivos, que deixaram estilhaços de vidro pelo local. A agência do banco Bradesco também foi invadida e danificada pelos assaltantes.

O Portal Guará entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão sobre a situação no município e as investigações do caso. A Secretaria enviou a seguinte nota:

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) mantém aparato policial militar no município de Penalva e cidades do entorno, para cerco e identificação dos suspeitos de atentado contra agência bancária do local. A Polícia Militar monitora por terra e ar, com efetivo do Grupo de Operações Especiais (GOE), Força Tática e do Comando de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar) – grupamento treinado para contenção deste tipo de crime – e do Centro Tático Aéreo (CTA). A operação para identificar e prender os suspeitos conta ainda com apoio dos Batalhões das regionais de Pinheiro e Viana. Não havia segurança da agência no momento do ocorrido, na madrugada deste sábado (8). Não houve vítimas.

Atualizado 12h06 para inclusão da nota da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.