G10 Editora

Feira de Estágio e Emprego reúne 21 mil estudantes

Mais de 21 mil estudantes do ensino médio, de cursos técnicos, universitários e recém-formados participam, até quinta-feira (21), da II Feira de Estagio e Emprego do Maranhão. O evento, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec), promove a formação profissional para garantir oportunidades de emprego e renda por meio dos empreendimentos em implantação no Maranhão.

A feira, que acontece no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís, é uma ação do Programa Maranhão Profissional. Na programação, oficinas, palestras e minicursos sobre empregabilidade, empreendedorismo, tendências do mercado de trabalho e protagonismo nas empresas.

Durante os três dias serão realizadas mais de 25 palestras, todas com inscrições já esgotadas, q eu estão sendo transmitidas, em tempo real, pela Universidade Virtual do Maranhão (Univima), para cerca de 190 polos em todo o Maranhão.

Na abertura, nesta terça-feira (19), o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, José Costa, que representou a governadora Roseana Sarney, destacou o Programa Maranhão Profissional e o Programa Estágio Meu Primeiro Emprego, para o fortalecimento das ações do governo na área de inserção de profissionais no mercado de trabalho.

?Não basta ter o filho formado,precisa-se ter o jovem empregado. Então estamos fazendo uma aliança entre a formação e o emprego dentro do Programa Maranhão Profissional, combinado com o Estágio Meu Primeiro emprego que, hoje, oferece em torno de 12 mil bolsas para jovens estagiários distribuídos em várias cidades do Maranhão?, disse o secretário.

O coordenador-executivo do Programa Maranhão Profissional, Fernando Lima, disse que as empresas estão expondo suas necessidades de recursos humanos e, também, há empresas da área de educação que são capacitadoras. ?Então, temos aqui,um grande momento para os que desejam uma oportunidade de estágio ou de emprego?,observou o gestor, que, também, é coordenador-geral do evento.

Oportunidade

O presidente da Fiema, Edilson Baldez disse que a feira é uma oportunidade para o jovem ingressar no mercado de trabalho. ?Aqui é possível ter uma visão do mercado e o que representa esse mercado?. A presidente da Fapema, Rosane Guerra, lembrou que a fundação, que faz parte da Sectec, atua nas ações do Programa Maranhão Profissional e, também, em programas de ações estratégicas por meio da seleção de profissionais que vão atuar nos projetos, sendo que muitos deles estão envolvidos na II Feira de Estágio e Emprego.

Os secretários Mauricio Macedo e Danilo Furtado falaram do esforço que o governo para atrair novos investimentos para o Estado e com a qualificação profissional da mão de obra local de forma que as vagas de emprego geradas por esses empreendimentos sejam ocupadas por maranhenses. ?Nos últimos anos foram gerados no estado 170 mil novas vagas de trabalho, resultado de um investimento de R$ 63 bilhões?, revelo Mauricio Macedo.

Para a acadêmica do 6º período do curso de Administração, Mayume Pacheco, a feira congrega, em um único espaço, oportunidade de ampliação do conhecimento e a presença de empresas que estão com vagas disponíveis. ?Para mim, e penso que para todos que estão presentes neste evento, essa é uma grande oportunidade?.

– Publicidade –

Outros destaques