quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Ferry-boat Baía de São Marcos volta a operar na Ponta da Espera

Após dois protestos, sendo um de motoristas de vans e outro de caminhoneiros, um terceiro ferry-boat voltou a operar na travessia terminal da Ponta da Espera/Cujupe, que liga a capital maranhense à região da baixada.

De acordo com a MOB, o ferry-boat Baía de São Marcos voltou à operação na madrugada de segunda-feira, após reforma em toda infraestrutura, incluindo climatização do espaço de passageiros, a embarcação.

Além do Baía de São Marcos, estão em operação as embarcações: Cidade de Alcântara, capacidade de 600 passageiros e 38 veículos, dependendo do mix de veículos grandes e pequenos; e Cidade de Cururupu, capacidade de 582 passageiros e 35 veículos, dependendo do mix de veículos grandes e pequenos.

A embarcação Baía de São Marcos tem capacidade para 52 veículos. “Até o próximo mês outra embarcação volta à atividade – Araioses, capacidade de 1.000 passageiros e 70 veículos, dependendo do mix de veículos grandes e pequenos”, comunicou a MOB.

No último dia 17, foi assinado um termo de acordo extrajudicial entre a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Cooperativa de Transporte da Baixada Maranhense, empresas Serviporto e Internacional Marítima para a normalização do serviço de transporte aquaviário (ferryboat).

– Publicidade –

Outros destaques