sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Festival Instrumental Nacional é encerrado com grande sucesso, em São Luís

No último fim de semana, nos dias 19, 20 e 21, São Luís sediou a primeira edição do FINA – Festival Instrumental Nacional, que aconteceu na Praça Maria Aragão, com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, e apoio local da Fribal.

Além de shows com músicos renomados, aconteceu uma programação paralela com workshops gratuitos ministrados pelos músicos Jaques Morelenbaun (O violoncelo e a música popular) e Toninho Ferragutti (Estudo diário para acordeonistas); aula show com o grupo Água de Moringa e palestra do Quarteto Clarice (O papel da mulher na construção da MPB).

Foram três dias com apresentações de instrumentistas que são verdadeiros ícones da música instrumental, e cada um deles fazendo homenagens a outros grandes músicos: Grupo Água de Moringa (homenageou Pixinhguinha); Hamilton de Holanda (homenageou Baden Powell); Jaques Morelenbaum (homenageou Tom Jobim); Toninho Ferragutti (homenageou Hermeto Pascoal); Wagner Tiso (homenageou Milton Nascimento) e o Quarteto Clarice (homenageou Chiquinha Gonzaga).

Para a Fribal, apoiar esse evento é reforçar a valorização da empresa à cultura em geral, e um verdadeiro presente antecipado do aniversário de 410 anos da cidade; e fomentando o processo de democratização da cultura e formação de novas plateias para a música instrumental, que como citou Jaques Morelenbaum “é uma música que tem poder de aguçar a imaginação, e te faz viajar, pensar e relaxar”.

– Publicidade –

Outros destaques