sábado, 20 de julho de 2024

Fortes chuvas deixam mais de 6 mil famílias desabrigadas no Maranhão

Em parceria com o Comitê Gestor de Prevenção e Assistência às Populações Vítimas das Chuvas (CPAV), a Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (Seinc) segue no trabalho de arrecadar insumos que serão doados às famílias atingidas pelas chuvas no Maranhão. Colchões e fardos de água são os principais materiais arrecadados pela Seinc junto às empresas que cumprem contrapartida social prevista na política de incentivos fiscais do estado.

Segundo o último levantamento do Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA), 6.050 famílias estão desabrigadas e desalojadas e um total de 31.437 famílias foram afetadas pelas chuvas.

A Seinc realizou a entrega de 1.900 colchões e 6.300 fardos de água mineral ao CPAV, na última quinta-feira (23), medida realizada em caráter emergencial para amparar as famílias afetadas pelas chuvas.

“Por determinação do governador Brandão, integramos esta que é uma operação conjunta, mobilizada a partir do secretariado. Coube à Seinc convocar as empresas parceiras da secretaria, que usufruem da política de incentivos fiscais, para nos ajudar nesta missão e entregarmos o resultado desta mobilização”, relatou o secretário da Seinc, Júnior Marreca.

Ele reforçou que a Seinc continua mobilizada para adquirir mais doações e que contatou parceiros como a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e o Sistema S, a fim de obter cestas básicas que ficarão à disposição da Defesa Civil para serem entregues aos afetados pelas chuvas.

Anteriormente, já haviam sido enviadas 5.450 cestas básicas, 900 garrafões de água e 600 colchões para 18 cidades maranhenses. Os materiais entregues pela Seinc na última quinta-feira foram destinados a outras 18 cidades. Contribuíram para a arrecadação dos materiais as empresas Euroflex Colchões, Plumatex Colchões, Maranhão Colchões, Topázio Indústria e Comércio LTDA, Novo Mundo Amazônia Móveis e Utilidades LTDA, Água Mar Doce, Floratta e Psiu Bebidas.

Sobre o CPAV

O Comitê Gestor de Prevenção e Assistência às Populações Vítimas das Chuvas (CPAV) foi criado pelo governador Carlos Brandão em janeiro deste ano para promover medidas de prevenção e reparação de danos causados pelas chuvas. O Comitê confere maior resolutividade para os problemas decorrentes do período chuvoso e também desenvolve uma rede de apoio para auxílio das famílias afetadas pelos problemas.

– Publicidade –

Outros destaques