domingo, 21 de julho de 2024

Após anos, Costa Rodrigues é reinaugurado

O Ginásio Costa Rodrigues, uma das obras mais esperadas pelos esportistas maranhenses, foi entregue nesta terça-feira (30), em São Luís.

 

A obra foi dividida em duas etapas, a primeira foi de responsabilidade da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel). Já a segunda, da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), que ficou responsável pela parte do acabamento e a conclusão do ginásio, um investimento de R$ 2,5 milhões.

 

O secretário estadual de Esporte e Lazer Joaquim Haickel disse que a entrega do ginásio é um marco. “Quando assumimos a Secretaria de Esporte, nos propusemos a realizar a reinauguração do estádio Castelão, que foi feita, e agora a reinauguração do Ginásio Costa Rodrigues”, disse o secretário que organizou uma partida com os veteranos do basquete maranhense para marcar o evento.

 

 

O Ginásio Costa Rodrigues possui, aproximadamente, 2.800 m² de área construída, distribuída entre os três pisos. O térreo abriga rampas – garantindo acessibilidade aos usuários -, áreas de bilheteria, alojamento, além da quadra esportiva e de um memorial, que visa manter viva a história do esporte amador no Estado.

 

Já o primeiro piso abriga a arquibancada, com capacidade para mil espectadores. No espaço, também ficam as salas para associações esportivas. E o segundo e último piso conta com auditório, com capacidade para cerca de 100 pessoas, salas administrativas e área para reunião. O Costa Rodrigues dispõe ainda de área para imprensa, tribuna de honra e salas destinada às federações esportivas.

 

O secretário de Infraestrutura, Aparício Bandeira, lembrou que o ginásio foi inaugurado há cerca de 50 anos, se tornando um ícone da população ludovicence. “Por aqui passou toda uma geração de esportistas maranhenses e hoje é entregue totalmente reconstruído”, observou o secretário.

 

Para quem é amador do esporte como o veterano jogador de basquete da seleção maranhense, Carlos Henrique Alves Costa, a entrega do ginásio é um momento de alegria. “Aqui era a nossa casa e ver ela reconstruída nos deixa felizes, pois agora teremos local para treinar, o que não tínhamos”, disse.

 

O também veterano do basquete, Mario Sampaio, disse que o retorno do Costa Rodrigues para os atletas que tiveram êxitos e vitórias no esporte e para os novos esportistas representa muito. “É um momento muito importante para o esporte maranhense”, completou.

 

 

– Publicidade –

Outros destaques