segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Governo do Estado decide prorrogar intervenção sobre a Servi-Porto por mais 180 dias

Foto: Arquivo/ TV Guará

Mais 180 dias! Essa é a nova prorrogação do Governo do Estado de intervenção sobre a Servi-Porto, empresa que presta serviço de travessia de ferry-boat entre a capital maranhense e o Cujupe, na Baixada Maranhense.

A prorrogação foi assinada pelo governador em exercício, o desembargador Paulo Velten, e publicada no Diário Oficial do Estado, na edição da última segunda-feira.

No decreto publico pontua que as três embarcações da empresa: Cidade de Tutóia, Baía de São José e Cidades de Araioses, não tem condições de fazer a travessia e precisam de reformas e manutenções urgentes. Ainda de acordo com o decreto, os problemas das embarcações foram causadas pelo desgaste natural em decorrência do tempo de uso dos ferrys.

As três embarcações só devem voltar à operação após passarem por todos os processos de liberação da Marinha do Brasil, pelas normas técnicas da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) e orgãos de fiscalização. As embarcações ainda devem apresentar certificados de segurança e navegabilidade para regular o funcionamento.

Essa é a segunda intervenção do Governo Estadual sobre a empresa. A primeira ocorreu em 2020 e ainda foi prorrogada até dezembro do mesmo ano. Na época, o então governador Flávio Dino decidiu fazer a intervenção após um acidente envolvendo a empresa e também por conta de muitas reclamações de usuário pelo serviço prestado pela Servi-Porto.

– Publicidade –

Outros destaques