segunda-feira, 21 setembro, 2020
Início Estilo de Vida Bem-Estar & Saúde Harmonização Facial: o menos é mais

Harmonização Facial: o menos é mais

Em se tratando de proporções faciais (veja aqui), todo ser humano nasce com algumas imperfeições e assimetrias, o que de certa forma é considerado aceitável e muitas vezes atraente.

A Atriz Cindy Crawford e o sinal no rosto, para alguns uma imperfeição, para outros algo atraente.

De uns anos para cá, quando os procedimentos estéticos tornaram-se menos onerosos e mais acessíveis a todos, como também  ficou mais fácil obter o conhecimento acerca da realização dos referidos procedimentos, rapidamente é possível encontrar muitas informações na internet e até demonstração da realização dos procedimentos no mundo virtual, as pessoas criaram coragem e cada vez mais buscam enquadrar-se em um padrão pré-definido de beleza.

Procedimento estético

A Harmonização Orofacial, que por sinal está na “moda”, consiste em um ou mais procedimentos, combinados ou não, para melhor Harmonia entre seus dentes, boca e o rosto de uma forma geral. O foco está no conjunto, o rosto/na face como um todo. Desta maneira, um preenchimento labial ou redução de rugas já pode ser considerado como uma “Harmonização Facial”, ainda que não necessite de outros procedimentos.

O tratamento em si é muito relativo e deve ser individualizado, ou seja, cada caso é um caso e tem suas propriedades únicas, dependendo da necessidade de cada indivíduo.

Não se critica a escolha ou preferência de alguém, o que não se aconselha é o radicalismo e o exagero na busca dos padrões, mandíbulas extremamente  marcadas, malar alto, queixo pontudo, boca inflada.

É lógico que existem casos em que os procedimentos são mais que indicados, mas não podemos distorcer nossa ideia de beleza, juventude e naturalidade com rostos cada vez mais inchados, excessivamente lateralizados e com sua mimica natural impedida .

O que hoje se considera o ápice da beleza, certamente, não teria o mesmo conceito tempos atrás. Por exemplo, se perguntássemos aos nossos pais ou avós o que acham dos padrões da atualidade responderiam que são superficiais, pouco naturais e talvez plásticos ou estáticos.

O processo de envelhecimento é natural, e lógico podemos amenizar seus sinais, de forma mais cautelosa e sensata.

Cantora Cher, adepta a procedimentos estéticos, consegue ao longo dos anos manter suas proporções faciais, mesmo com mais de 70 anos, sem grandes modificações.

Querer sentir-se bem ao olhar no espelho, é digno, é necessário, e claro, podemos fazer “ajustes” com extremo bom senso, sem nos deformar e tornar-se todos iguais.

O correto é particularizar os tratamentos, o ideal é realçar a beleza já existente que todos nós possuímos, apenas ajustando alguns detalhes para nos tornarmos mais harmônicos .

Como disse Gisele Bundchen: “nossas imperfeições são o que fazem de nós mulheres únicas e bonitas”. Essa brilhante frase também cabe aos homens.

Gisele Bundchen e suas mudanças ao longo dos anos

Por Luiza Carvalho,
Membro da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais
Cirurgiã-Dentista / Endodontista
Cro-ma 3129
Instagram: @luizacarvalho
e-mail: luiza_scarvalho@hotmail.com
whats app: 98-984058874

- Publicidade -

Mais recentes

“Rumbora Marocar” irá checar informações nas Eleições de São Luís

Criada pelo coletivo Re(o)cupa - atuante desde 2016 em São Luís, com foco na democratização da arte, cultura e educação através de novas perspectivas...
- Publicidade -