terça-feira, 23 de julho de 2024

Homem é preso por roubar R$ 374 mil de banco e manter família de gerente como reféns

A Polícia Civil, através da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, conseguiu prender, na cidade de Imperatriz, um homem investigado pelo crime de roubo majorado e associação criminosa. O preso é considerado de altíssima periculosidade por cometer assaltos e homicídios.

No histórico criminoso do preso consta que no dia 3 de maio de 2017, ele, na companhia de mais sete comparsas, renderam o gerente do Banco da Amazônia, da cidade de Estreito, e mantiveram sua esposa e filho em cativeiro por mais de 24 horas.

Essa modalidade de assalto a banco é conhecida no meio policial como “sapatinho”. Na ocasião, os assaltantes conseguiram roubar o valor de R$ 374.307 à época.

O preso foi localizado e preso por uma equipe do Grupo de Pronto Empregos(GPE), no bairro Verona, em Imperatriz, sendo levado à Delegacia Regional para ser submetido aos trâmites legais. Em seguida, recambiado para uma Unidade Prisional da região.

– Publicidade –

Outros destaques