sábado, 16 novembro, 2019
Início Destaque 1 Honorato cobra na Câmara divulgação das audiências públicas sobre Plano Diretor

Honorato cobra na Câmara divulgação das audiências públicas sobre Plano Diretor

Às vésperas do início do período de realização das audiências públicas que irão debater a Proposta de Revisão do Plano Diretor do Município de São Luís (Lei n°4.669/06), o vereador Honorato Fernandes (PT) voltou a cobrar do presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), a realização de uma campanha de divulgação massificada sobre os debates, de modo a garantir que a sociedade tome conhecimento e participe das audiências.

“Quero reiterar o pedido a Vossa Excelência, para que amplifique a divulgação acerca dos debates sobre o Plano Diretor, que serão realizados pela Câmara através das audiências públicas. Pois, conforme venho frisando, a participação popular é muito importante, no sentido de ajudar a Câmara a decidir qual a cidade nós queremos construir”, pontou Honorato.

Na semana passada, o parlamentar fez o mesmo alerta. Na oportunidade, frisando a importância da divulgação ampliada do encerramento do prazo de inscrição para realização, nos bairros, das audiências públicas que irão debater o novo Plano Diretor. Entretanto, segundo ele, “infelizmente, mesmo assim, a divulgação não foi feita a contento, tendo em vista a importância da matéria”.

O edital de chamamento público, para que a população ludovicense apresentasse propostas para participação das audiências públicas sobre o Plano Diretor foi aberto no início do mês de Outubro. O Edital estabelecia o dia 11 do mesmo mês como prazo final para que a população pudesse se inscrever para solicitar a realização de audiência pública em seu bairro.

Sobre o processo de inscrição da população, Honorato destacou que inúmeros foram os relatos de pessoas que enfrentaram dificuldade para realizar a inscrição no setor de protocolo da Câmara.

“Seguindo os critérios estabelecidos no edital, para que a população pudesse reivindicar as audiências nos seus bairros, muitas entidades, associações e pessoas físicas que procuraram o setor de protocolo da Câmara relataram que tiveram dificuldade no momento de efetivar o protocolo. Já escutei inúmeras reclamações sobre o fato, inclusive por meio de vídeos, que já circulam nas redes sociais”, destacou o vereador, sugerindo, por fim, que o Legislativo Municipal melhore o processo de comunicação com a sociedade e dentro da Casa Legislativa, de modo a garantir de fato a participação popular nas discussões das matérias da Câmara.

As audiências públicas que serão promovidas pela Câmara antecedem a discussão e votação do Plano Diretor em plenário. Durante as audiências, que serão realizadas na sede do Legislativo e nos bairros inscritos, a sociedade poderá debater o tema, apresentando sugestões e contestando propostas do Plano.

Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Casal morre em colisão de moto e ônibus na Estrada da Raposa

Duas pessoas morreram em um acidente ocorrido na manhã deste sábado (16), na Avenida dos Holandeses, na trecho conhecido como Estrada do Araçagy, no...
- Publicidade -